Reportar erro
Premiação

Brasil é indicado ao Emmy Internacional em seis categorias; Globo disputa com "Aldo"

José Loreto como Aldo
Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 27/09/2018 às 09:36:42

A Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas divulgou nesta quinta-feira (27) os indicados ao Emmy Internacional 2018, com seis brasileiros na lista.

Pela primeira vez depois de anos, a Globo não foi indicada por uma novela, mas sim com o filme "Aldo - Mais Forte Que O Mundo", que foi transformado em série e dividido em quatro episódios com exibição em janeiro do ano passado.

Dirigido por Afonso Poyart e protagonizado por José Loreto, o longa foi potencializado com imagens reais, pesquisas do CEDOC (Centro de Documentação da TV Globo) e documentários existentes sobre o lutador e o UFC, sob cuidados do roteirista George Moura.

"Aldo - Mais Forte Que O Mundo" entrou na categoria Filmes para a TV/Minisséries e concorre com "Kurara: The Dazzling Life of Hokusai's Daughter” (Japão), “Man in an Orange Shirt” (Reino Unido), e “Toter Winkel” (Alemanha).

Brasil é indicado ao Emmy Internacional em seis categorias; Globo disputa com \"Aldo\"

Além da Globo, também foram indicadas atrações do GNT, HBO e Fox. O canal da Globosat está na disputa com "Palavras em Série" na categoria Programa de Arte e com "Eu Sou Assim" como Documentário.

A HBO está representada na categoria Atriz com Denise Weinberg pela série "Psi". Já a Fox concorre com Júlio Andrade como Melhor Ator por "Um Contra Todos" e a própria série como Drama.

Os vencedores do Emmy Internacional serão anunciados em cerimônia que acontecerá no dia 19 de novembro, no hotel Hilton New York, nos Estados Unidos.

No total, 20 países foram representados com 44 indicações em 11 categorias. "Olhando para a diversidade e a distribuição geográfica das indicações deste ano em todos os continentes e plataformas, está claro que a excelência na televisão é um fenômeno global que transcende a cultura e a linguagem”, afirmou Bruce L. Paisner, presidente e CEO da Academia.

TAGS:
Mais Notícias