Reportar erro
Fenômeno

Série "Chernobyl" faz disparar buscas pelo desastre na web

Público brasileiro buscou termo para entender exatamente como foi o desastre ambiental de 1986

Cena de Chernobyl
"Chernobyl" contou com cinco episódios exibido pela HBO
Fabrício Falcheti

Publicado em 16/06/2019 às 11:12:47

O sucesso da série "Chernobyl", da HBO, instigou o público a buscar mais conhecimento sobre o acidente ocorrido em abril de 1986 na usina nuclear da Ucrânia, que acarretou em um gravíssimo desastre ambiental.

Neste último mês de maio, os brasileiros pesquisaram o termo "Chernobyl" 830 mil vezes no Google e no Bing. Para efeito de comparação, no mesmo período do ano passado, foram 74 mil buscas. Ou seja, houve um crescimento do volume total de incríveis 1021% em 12 meses.

Os dados são da SEMrush, líder global em marketing digital.

Ao longo de 2019, as buscas por "Chernobyl" vem crescendo mês a mês, disparando em maio, quando a série estreou e logo virou hype.

Veja tabela:

Série \"Chernobyl\" faz disparar buscas pelo desastre na web

Turismo

Além das pesquisas terem disparado, também aumentou consideravelmente o número de interessados em conhecer os arredores da usina nuclear na Ucrânia. Agências do país falam em uma alta de 50%.

Acontece que algumas dessas pessoas que já foram até o local, vêm publicando fotos nas redes sociais com piadas e até mesmo fazendo poses sensuais em meio a triste paisagem.

Criador da série, Craig Mazin ("Se Beber Não Case") pediu respeito. "É maravilhoso que #ChernobylHBO tenha conseguido inspirar uma onda de turismo pela Zona de Exclusão. Eu vi as fotos por aí. Se você for visitar, lembre-se que uma terrível tragédia ocorreu bem ali. Comportem-se e tenham respeito por todos os que sofreram e se sacrificaram", falou no Twitter.

Chernobyl

"Chernobyl" foi considerada uma minissérie, contando com cinco episódios exibidos pela HBO entre 6 e maio e 3 de junho deste ano.

Apresentou "a verdadeira história de uma das piores catástrofes provocadas pelo homem na história", falando dos homens que se sacrificaram para salvar a Europa desse desastre.

Na trama, enquanto o mundo lamenta o ocorrido, o cientista Valery Legasov (Jared Harris), a física Ulana Khomyuk (Emily Watson) e o vice-presidente do Conselho de Ministros, Boris Shcherbina (Stellan Skarsgård), tentam descobrir as causas do acidente.

"Chernobyl" não foi totalmente fiel aos detalhes de tudo que aconteceu, mas caiu nas graças do público e da crítica, sendo avaliada com nota 9,6 no site IMDB.

TAGS:
Mais Notícias