Reportar erro
Chegada ao Egito

A semana em Gênesis: Humilhação de José, falsa morte e remorso de Jacó

José passa por perrengue e é vendido para o comandante da guarda egípcia

José chorando, tendo seus cabelos raspados
Semana de Gênesis é marcada por humilhação pública e pedido de adeus - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/09/2021 às 05:29:00

Nesta semana em Gênesis, José (Juliano Laham) sofre uma grande humilhação pública em suas primeiras horas no Egito, ao ter seu cabelo raspado, já que é tradição daquele país não ter nenhum pelo no corpo. O rapaz tenta se rebelar contra a atitude imposta, afinal os cabelos são partes importantes para o povo hebreu, do qual pertence, mas a reclamação é em vão. Ele tem os pelos do corpo, incluindo as madeixas arrancadas.

"Não faz isso comigo, não! Por favor! Não faz isso! Eu não tenho piolhos. Não precisa raspar meu cabelo. Eu sou hebreu. Meu cabelo faz parte de quem eu sou!", suplica o filho de Israel (Petrônio Gontijo), sem ser ouvido. Careca e sem nenhum pelo no corpo, José sofre mais humilhação em ser obrigado a trabalhar pesado carregando baldes num sol escaldante.

Durante uma noite, ele inventa uma geringonça que leva a água sem precisar de muito esforço, só que na manhã seguinte José recebe a notícia que vai ser vendido. O novo dono acaba sendo Potifar (Val Perré), o comandante da guarda do reino egípcio. Ao chegar em seu novo local de trabalho, o irmão de Diná (Giovanna Coimbra) ouve as intenções do novo dono.

"Vou ser sincero com você. Ainda não sei por que eu te comprei... a não ser pelo fato de você ser um escravo que supostamente sabe ler e escrever, o que ainda está pra ser testado. Mas... eu preciso de servos competentes, cujo trabalho seja do agrado da minha esposa. Isso é mais importante no momento", diz Potifar. Logo na sequência, José é apresentado a mulher do militar, Neferíades (Dandara Albuquerque), que tenta seduzí-lo à primeira vista.

Em Gênesis, Judá pede para ir embora do acampamento

Ainda na novela Gênesis, da Record, após sofrer com a notícia da suposta morte de José (Juliano Laham), seu filho preferido, Jacó/ Israel (Petrônio Gontijo) entra em tristeza profunda e acaba ficando doente. O patriarca sofre muito e acaba entrando em depressão. A família fica preocupada com o servo de Deus e não sabe o que fazer para amenizar a dor do pai. Sem ver o corpo do filho, apenas com a túnica suja do suposto sangue do herdeiro, Israel pede para os outros parentes tentem encontrar os restos mortais de José, mas sem sucesso.

"Tem alguma coisa que eu posso fazer por você? Alguma coisa que você queira comer. Pode pedir o que quiser", se preocupa Zilpa (Karina Barum). A única coisa que Jacó pede é ficar sozinho, mergulhado em sua tristeza. Minutos depois, ele relembra os momentos que passou com José e acaba ouvindo a voz dele vindo de fora.

Mas ele acaba confundindo o filho supostamente morto com Judá (Thiago Rodrigues). No papo entre eles, Judá acaba demonstrando arrependimento de mentir para o patriarca, já que ele e seus irmãos falaram que José morreu, sendo que o jovem foi vendido como escravo. O rapaz não aguenta a pressão do remorso e pede para ele ir embora do acampamento. Mas Israel nega o pedido, para o desespero de Judá.

A cenas estão previstas para irem ao ar durante esta semana, no qual o roteiro o NaTelinha teve acesso. Saiba tudo que vai acontecer nos próximos dias no resumo semanal de Genêsis. Confira também quem é quem na última fase da trama da Record



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias