Injustiçada

Totalmente Demais: Eliza sofre atrás das grades

A ruivinha come o pão que o diabo amassou no xadrez

Totalmente Demais: Eliza sofre atrás das grades
Eliza sofre demais atrás das grades

Publicado em 01/08/2020 às 17:19:00 ,
atualizado em 01/08/2020 às 18:01:30

Por: Redação NT

Na novela Totalmente Demais, após ter sido denunciada por Dino (Paulo Rocha) pelos crimes de roubo e tentativa de assassinato, Eliza (Marina Ruy Barbosa) é detida e levada direto para o xadrez.

Ao chegar na cadeia ela repete que é inocente, mas, mesmo assim, o delegado não dá a mínima e coloca a ruivinha atrás das grades. A passagem de Eliza pela prisão promete ser traumatizante para a moça.

Assim que é trancafiada na cela, ela grita por socorro. "Me tira daqui, vai. Eu sou inocente, eu não fiz nada. Socorro", berra. O que ela não percebe é a presença de mais três detentas no mesmo espaço que elas.

Uma delas, muito mal encarada, dá um aviso para a garota Totalmente Demais. "Ou... fecha a matraca aí, minha filha. A gente quer dormir", afirma a mulher. Eliza reage: "Eu não sei porque me prenderam. Eu não fiz nada".

A detenta ironiza Eliza e se irrita. "Aqui ninguém nunca faz nada aqui. Agora vê se vai dormir. Seu delegado, tira essa maluca daqui", pede. O chefe da polícia vai até à cela e manda a filha de Gilda (Leona Cavalli) ficar quieta.

"Você tá abusando da minha paciência, hein, Eliza. Olha aqui, se eu fosse você eu não me metia com suas colegas de cela não hein. Não é bom negócio", diz. 

Para piorar a situação, Eliza clama para dar o telefonema que tem direito e o delegado nega o pedido e diz que está tarde. A moça não consegue dormir e fica pensando no terror que está passando em sua vida.

A cena vai ao ar a partir do capítulo deste sábado (1º).


Fique por dentro dos próximos capítulos de Totalmente Demais e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Totalmente Demais de 03/08/2020 a 08/08/2020.






Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!