Proposta audaciosa

Totalmente Demais: Carolina pede prova de amor a Arthur: “Ou ela, ou eu”

Jornalista esquece a aposta se playboy desistir do concurso e da ruivinha

Totalmente Demais: Carolina pede prova de amor a Arthur: “Ou ela, ou eu”
Carolina declara seu amor a Arthur em Totalmente Demais - Reprodução/TV Globo

Publicado em 24/06/2020 às 07:49:00

Por: Taty Bruzzi

Nos próximos capítulos de Totalmente Demais, Carolina (Juliana Paes) e Arthur (Fábio Assunção) vão ter uma discussão. O playboy já não consegue mais parar de pensar em Eliza (Marina Ruy Barbosa).

A essa altura, Maurice (Reginaldo Faria) está hospedado na casa do filho e logo percebe o interesse do dono da Excalibur pela a ruivinha. O ex-marido de Stelinha (Gloria Menezes) chega a sugerir que o agente seduza a moça por uma noite e a dispense na manhã seguinte.

Em sua defesa, Arthur avisa que não é um canalha e ao invés de partir para cima da aspirante a modelo, ele procura a jornalista e os amantes vão para cama. Depois do sexo, o loiro de olhos azuis troca o nome da editora pelo da ex-pedinte e o teto cai.

A irmã de Dorinha (Samanta Schmütz) coloca o bom vivant para correr do seu apartamento, mas no dia seguinte ela se arrepende e procura pelo bonitão no trabalho com uma proposta. Carolina promete esquecer a aposta se o pai de Jojô (Giovanna Rispoli) desistir do concurso e da Eliza. Confira!

Arthur transa com Carolina pensando em Eliza


Nos próximos capítulos de Totalmente Demais, Arthur vai atrás de Carolina afim de transar com a morena e, assim, tirar Eliza da cabeça, mas seu plano falha e o bonitão acaba trocando o nome da jornalista.

Tudo acontece depois que o agente beija a ruivinha. Em conversa com Maurice, o dono da Excalibur confessa que não consegue parar de pensar na aspirante a modelo. O bom vivant aconselha o filho a seduzir a mocinha que está sozinha no quarto, mas dispensá-la no dia seguinte.

Arthur alega que não é um canalha e avisa que tem um jeito melhor de “apagar seu fogo”. Então, ele bate na porta de Carolina com uma garrafa de champanhe nas mãos e se insinua. “Eu perdoo você”, dirá o playboy.

“Você vem à meia-noite na minha casa me passar essa cantadinha de quinta? Canalha, cafajeste, safado. Sai daqui”, grita a editora da revista Totalmente D+. “Me bate, até me mata, se quiser, mas conceda a esse condenado uma última taça de champanhe e um beijo como um último pedido”, seduz o agente.

Se fazendo de difícil. Carol pergunta se Arthur levou um pé na bunda de Eliza e o cafajeste garante que ela é a única mulher da sua vida. “Você sabe disso. Vamos lá pra dentro”, sugere o loiro de olhos azuis.

“Você acha mesmo que eu vou dormir com você depois de tudo o que você aprontou”, questiona a jornalista antes de beijar o agente. “Você briga comigo para fazer as pazes”, dispara o filho de Maurice.

O casal vai para a cama juntos e após o sexo ficam trocando carícias e jogando conversa fora. “Confessa que você estava com saudades”, pergunta o mulherengo. Carol afirma que Arthur conhece seus pontos fracos e sorri.

De repente, o dono da Excalibur chama a morena pelo nome da ruivinha e oo teto cai. “Sou cafajeste, mas completamente apaixonado pelo teu cheiro, pela tua pele, pelo teu sorriso, ai, Eliza”, exclama Arthur.

Ao escutar o nome da outra, a editora pula da cama e pressiona o amante. “O que foi”, pergunta o playboy. “Você me chamou de Eliza”, grita Carol antes de jogar objetos na direção do bonitão. “Como você ousa confundir o meu nome com o daquela pedinte”, esbraveja a jornalista.

Arthur tenta se defender, mas só piora a situação. “Eu escutei, Arthur. Confessa que você está caidinho por aquela ruiva?”, dispara a cunhada de Zé Pedro (Hélio de La Peña).

Arthur implora para que ela esqueça seu deslize, pois ele sempre volta para os braços da morena, mas ela fica ainda mais possessa. "Eu nunca tinha me sentido a outra. Só que essa noite foi diferente", argumenta Carolina.

"Não era comigo que você queria estar. (...) Você está encantado por essa menina. E eu não quero ter que dividir você com ela. (...) O problema é o que você sente. E nada do que você disser vai conseguir mudar isso", despeja antes de mandá-lo embora do seu apartamento.

A sequência vai ao ar no capítulo do dia 3 de julho.

Carol pede para Arthur esquecer Eliza e ficar com ela

Depois de ter sido chamada de Eliza na cama por Arthur, Carolina passa o resto da noite pensando no que lhe aconteceu e chega a conclusão de que ama o agente e não quer perdê-lo para a ruivinha.

Apaixonada, ela passa por cima do seu orgulho e vai atrás do dono da Excalibur no seu trabalho. Chegando lá, a jornalista abre seu coração e faz uma proposta ousada ao loiro de olhos azuis.

“Carol, que surpresa. Você mudou de ideia sobre as coisas que me disse ontem?”, debocha o playboy. A editora sinaliza que sim e o bom vivant comemora. “Que ótimo!

Você percebeu que quando eu troquei o teu nome pelo da Eliza, não foi um ato falho, foi tudo um grande mal entendido, não é? Você é a mulher da minha vida”, declara Arthur.

“Se o que você diz é verdade, você não vai ter nenhum problema para aceitar a minha proposta”, faz suspense a irmã de Dorinha. Curioso, o pai de Jojô indaga sobre o que a levou até a Excalibur tão cedo e a jornalista solta o verbo.

“Você sabe que eu adoro apostar com você, não sabe? Isso sempre apimentou o nosso relacionamento, sempre foi muito excitante. Mas de uns tempos para cá, eu sinto que esse jogo virou. Isso está afastando a gente. Eu não quero te perder, Arthur”, entrega-se. “Eu te amo”, afirma enquanto acaricia o rosto do playboy.

“É a primeira vez que você fala isso pra mim”, confessa o loiro de olhos azuis. “Prova que você me ama também. Se você esquecer esse concurso, principalmente a Eliza, eu esqueço a nossa aposta. Manda a Eliza embora da sua casa, manda ela embora da nossa vida. A gente pode começar de novo”, implora Carol.

“Começar? Mas pra mim a gente nunca terminou”, argumenta Arthur. A jornalista olha bem nos olhos do amado e o coloca contra a parede. “É tudo muito simples. Quem você escolhe, eu ou a Eliza”, questiona a morena.

A cena está prevista para ir ao ar dia 4 de julho.






LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!