Bastidores

Bissexualidade, crise de ansiedade e suposta traição: Por trás das câmeras de Malhação

A atual temporada da novela teen termina nesta sexta-feira (3)

Bissexualidade, crise de ansiedade e suposta traição: Por trás das câmeras de Malhação
Atores de Malhação Toda Forma de Amar - Foto: Montagem

Publicado em 03/04/2020 às 04:44:00

Por: Redação NT

Malhação – Toda Forma de Amar levará ao ar seu último capítulo nesta sexta-feira (3), terminando de forma antecipada por causa da pandemia do novo coronavírus. Mas nem tudo se resumiu apenas ao que aconteceu nos 253 episódios, pois os bastidores da novela teen movimentaram a produção.

Alanis Guillen, por exemplo, assumiu sua bissexualidade e foi alvo de rumores de ser a namorada de Pedro Novaes, seu colega de elenco. Mariana Santos confessou que sofria com ansiedade e Henri Castelli assumiu novo relacionamento.

Por conta disso, o NaTelinha relembrou seis situações que agitaram o por trás das câmeras.

Confira:

Henri Castelli e seu namoro

Henri Castelli, o Madureira, trocou beijos com Jakelyne Oliveira durante o carnaval e assumiu o relacionamento poucos dias depois. A modelo é conhecida por ter vencido o concurso de Miss Brasil 2013.

O casal não tem escondido que estão apaixonados, publicando fotos e realizando passeios públicos. Eles participaram do Ding Dong, do Domingão do Faustão, no começo de março e Henri confessou que teve dificuldade para conquistar o coração da moça.

"Foi difícil. Eu gastei. Mandei champanhe, mandei flores, mandei chocolate, mandei cesta de café, fiz piquenique... O cara do cartão de crédito me ligou perguntando: 'Pegou ou não pegou? Tá namorando?'. De tanto que tava gastando já", brincou o ator.

Mariana Santos e a ansiedade

Mariana Santos fez muito sucesso com a personagem Carla, mas no ano passado ela revelou um drama da sua vida. A atriz admitiu que sofre de ansiedade, inclusive realiza terapia para evitar crises.

"Quando fico tensa é horrível porque é uma sensação contínua de pequenas mortes. O corpo sente isso”, contou para revista Quem em julho de 2019. “O teatro me ajudou muito! Foi o que me ajudou a sair de casa. Eu gostava tanto de estar no palco, que ia até lá passando mal, sempre ao lado da minha mãe no metrô, nunca pegava táxi, sofria, desenhava círculos nos cadernos durante o trajeto, apertando coisas... Quando estava no teatro parecia que tinha chegado ao céu. Na hora do retorno era outro drama”, acrescentou.

Ela ainda explicou que morria de medo de viajar sozinha e se divertiu como decidiu ser “independente” nos vôos. “Quando comecei a voar muito sozinha, sempre pedia para segurar a mão das pessoas logo na decolagem. Fui acostumando assim. Pedia ajuda direto até que, um dia, a pessoa tinha uma mão mole, sem energia, mal-humorada e não quis mais. Preferia não pegar na mão de ninguém [risos]”.

A atriz ainda explicou que tem pessoas que acreditam que seja frescura da parte dela, mas ela garante que não sente vergonha em falar do seu problema. “Ninguém imagina que tenho este problema. Hoje sou independente, viajo sozinha de avião, depois dos 30 anos comecei a me cuidar melhor. Procurei uma psiquiatra e ela me tratou com medicação e estou livre das crises. De vez em quando ainda tenho altos e baixos, não existe uma cura e você vai se autoconhecendo. Não tem de ter vergonha”, concluiu.

Gabz e o coronavírus

A pandemia do novo coronavírus antecipou o final de Malhação – Toda Forma de Amar e a atriz e cantora Gabz entrou em isolamento social com a sua avó por precaução contra a Covid-19.

“Eu tive pneumonia muito recentemente, e quando começou o surto eu tava me curando. Eu estou bem agora, estou curada, mas como eu tive uma infecção respiratória forte eu sou grupo de risco”, explicou a artista na sua conta do Instagram. “Estamos só eu e ela [avó], se cuidando e se amando”, ressaltou.

A atriz aproveitou para admitir que está preocupada com o momento. “Eu confesso que eu fiquei assustada. Eu hein, minha velhinha fica tossindo. Coronavírus, nem vem, o bagulho vai ficar doido contigo se você chegar perto da minha avó”, finalizou.

Hugo Moura e Giovanna Rispoli

Entre setembro e dezembro, a atriz Giovanna Rispoli viu seu nome ser alvo de rumores que diziam que ela estava se relacionando amorosamente com Hugo Moura, seu par romântico na novela teen.

Tudo estaria tranquilo, caso o ator não namorasse a atriz Deborah Secco e a jovem não estivesse na época em um relacionamento sério também com Felipe Tupinambá. Por conta dos boatos, ela resolveu se pronunciar sobre o assunto.

“Não tem que inventar história nenhuma. Cada um sabe do seu. Sou muito amiga dela. O Hugo é meu amigo”, disparou.

Já considerada uma das veteranas na dramaturgia da TV Globo, Deborah Secco mostrou não ter ficado abalada com o boato envolvendo uma possível traição do seu marido, o ator Hugo Moura que é 12 anos mais novo que ela. "Se vocês quiserem fazer fofoca com meu nome, tudo bem. Tenho 40 anos, sou escolada. Mas a Giovanna tem 17! É maldade com a menina", falou a atriz.

Pedro Novaes e Alanis Guillen

Pedro Novaes interpretou o personagem Filipe e fez par romântico com Alanis Guillen, que fez a mocinha Rita. Com cenas românticas, o público observou que os atores estavam beijando de língua e fãs da novela passaram a afirmar que eles estavam namorando.

O rumor aumentou quando Alanis almoçou com Pedro e Letícia Spiller, mãe do garoto. Apesar dos boatos, eles não assumiram o relacionamento publicamente, inclusive continuaram afirmando que estavam solteiros.

“Atualmente nem tenho tempo. Esse ano minha vida foi mais trabalho e família. E gosto de ter alguns momentos sozinha, um momento meu comigo”, declarou a atriz protagonista da atual temporada.

Alanis Guillen bissexual

A atriz ainda admitiu que é bissexual, tendo se relacionado com homens e mulheres. “Eu acho que o ser humano é múltiplo, cada relação que eu crio sempre priorizo a sinceridade. Acredito de verdade em toda forma de amar”, contou.

“Aprendi muito com minhas relações, tanto com mulheres quanto com homens. É lindo você se respeitar, e seria mais lindo ainda se o mundo respeitasse a individualidade do outro”, declarou em entrevista à revista Marie Claire, publicada em março.

Ela se assume discreta em relação à sua vida pessoal, mas optou por falar da sua sexualidade como uma maneira de ajudar seus fãs. “Sei da importância e da necessidade das bandeiras, como elas existem como uma forma de proteção, de expressão, de resistência e de existência”, explicou.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!