Bomba

Salve-se Quem Puder: Helena revela que não abandonou Luna e acha que filha morreu

Empresária finalmente revelará parte de seu passado

Salve-se Quem Puder: Helena revela que não abandonou Luna e acha que filha morreu
Helena entrará em desespero ao lembrar da filha em Salve-se Quem Puder - Foto: Divulgação/Gshow

Publicado em 25/03/2020 às 20:30:25

Por: Daniel César

Em Salve-se Quem Puder, finalmente Helena (Flávia Alessandra) irá revelar parte do seu passado, na época que morava em Cancún e o público descobrirá que ela não abandonou Luna (Juliana Paiva), como todos sempre pensaram, mas que a empresária acha que a filha morreu.

Em cenas previstas para irem ao ar na próxima quinta-feira (26), antepenúltimo capítulo da primeira temporada da novela de Daniel Ortiz, ela estará emocionada olhando para uma foto antiga de Luna ainda criança e de Mário (Murilo Rosa). A madrasta de Téo (Felipe Simas) será flagrada por seu marido que a verá aos prantos.

Aos prantos, Helena já fará a revelação para Hugo (Leopoldo Pacheco). " Eu só queria esquecer o que eu fiz no México... Que por minha culpa... Por minha culpa... O Mário e a minha filha foram assassinados", dirá ela enquanto desaba no choro.

O marido chegará a se aproximar dela para tentar acalmá-la. Enquanto a abraça, Hugo deixará claro que isso tudo faz parte do passado. " Eu sei que você se sente culpada pelo assassinato dos dois... O que você fez não dá pra mudar. Mas a vida te deu uma nova chance. Você me conheceu... Eu te tirei da cadeia... Você virou mãe dos meus filhos. E hoje eles te amam mais que a mim.", lembrará.

Inconformada, a empresária continuará inconsolável. "Eu abracei a Luna, cantei pra ela... E prometi pra minha menina que eu ia voltar. Foi a última vez que eu vi a Luna e o Mário. Fui pra Miami... E uma semana depois, ela e o Mário, os dois...", dirá sem conseguir completar a frase e voltando a chorar, enquanto o marido tenta confortá-la. 

Salve-se Quem Puder: o segredo de Hugo

Hugo continuará tentando acalmar a esposa neste momento. "Eu sei... Aquelas pessoas com quem você se envolveu, entraram atirando e mataram os dois. Eu sei que é difícil, meu amor... Que não tem nada que eu possa dizer que vá aliviar a sua culpa. Mas o que eu posso fazer é o que eu sempre fiz. Te dar muito amor... E proteção", revelará.

Aos poucos, ela vai se acalmando e agradece o apoio que tem sempre recebido dele. Abraçado, o casal sai do escritório, mas Helena percebe que continua com a foto da filha e, então, pede ao marido para devolver a foto ao local. Já sozinho, Hugo olhará para a imagem e soltará uma frase misteriosa. "A Helena não pode saber nunca".

 

 



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!