Mudança

Globo buscou "tratamento mais contemporâneo" em nova abertura de Fina Estampa

Produção voltou ao ar na última segunda-feira (23)

Globo buscou
Fina Estampa ganhou nova abertura - Foto: Divulgação/Globo

Publicado em 24/03/2020 às 13:20:00 ,
atualizado em 24/03/2020 às 13:39:48

Por: Naian Lucas com Fabrício Falcheti

A Globo apresentou uma nova abertura para a reprise de Fina Estampa (2011), que voltou ao ar na última segunda-feira (23) no horário das 21h, substituindo Amor de Mãe, interrompida como prevenção ao novo coronavírus. O objetivo da emissora com a alteração foi dar um "tratamento mais contemporâneo" ao material.

A nova versão chamou tanto a atenção que muita gente correu para as redes sociais a fim de comentar a novidade, inclusive Aguinaldo Silva, autor da novela, que compartilhou um vídeo comparando as duas aberturas.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de comunicação da Globo explicou que "a abertura de Fina Estampa sempre foi muito gráfica e, ao revisitá-la, optamos artisticamente por dar a esse grafismo um tratamento mais contemporâneo".

A primeira abertura da trama exibia uma modelo desfilando em uma sala de espelhos, tendo recebido comparações na época com a novela Brilhante (1981) e também com Vanessa, exibida pela Televisa em 1982. Já a segunda versão não tem a moça e aposta apenas em cores na tela, mas mantendo a mesma música-tema de 2011.

O autor Aguinaldo Silva utilizou sua conta na Twitter para compartilhar um vídeo em que é exibida as duas aberturas. “Comparação de aberturas de Fina Estampa (2011-2020)”, escreveu o roteirista, que deixou a Globo em janeiro neste ano após três décadas de parceria com o canal.

Claro que os internautas também não deixaram o clipe passar despercebido e ocorreram divisões de opiniões sobre a mudança. “Não gostei da nova versão, mas também não gostava da primeira. Parabéns, Globo, por fazer duas porcarias”, escreveu um perfil.

“Gente, eu adorava a primeira versão. Por que mudaram pra pior?”, questionou um segundo. “Olha, a primeira abertura era tão ruim, tão ruim que gostei mais dessa segunda. Só que poderiam ter popularizado mais, já que a novela é uma grande farofa”, opinou outro seguidor.

Confira a mudança e a repercussão:

A história de Fina Estampa

Fina Estampa traz de volta a personagem Griselda (Lília Cabral), uma mulher que trabalha fazendo serviços de manutenção doméstica, como arrumar encanamentos, fiações, entre outras coisas. Mãe solteira, cria três filhos com muito suor e batalha, mas é rejeitada por Antenor (Caio Castro), um estudante de medicina que namora Patrícia (Adriana Birolli), filha da vilã Tereza Cristina (Christiane Torloni).

A história da madame e da “marido” de aluguel” vão se cruzar e as duas passarão a rivalizar até o final da novela. A nova versão será compactada enquanto a Globo aguarda o fim da pandemia do novo coronavírus.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!