Virada

Malhação: Rui tira Nina de Lígia e ameaça deixar o país

Vilão irá vencer a média na Justiça e ficará com a guarda da filha

Malhação: Rui tira Nina de Lígia e ameaça deixar o país
Em Malhação, Lígia vai perder a guarda de Nina para Rui - Foto: Divulgação

Publicado em 21/03/2020 às 14:00:37

Por: Daniel César

A reta final de Malhação promete muito sofrimento para Lígia (Paloma Duarte), já que a médica irá perder a guarda de Nina para o vilão Rui (Rômulo Arantes Neto). No meio do desespero, a mãe de Filipe (Pedro Novaes) ainda terá de sentir a ameaça de nunca mais ver a filha, já que o rival irá ameaçar tirar a criança do país.

Em cenas previstas para irem ao ar na última segunda-feira da temporada, 30 de março, a justiça irá determinar que a guarda total de Nina passará a ser de Rui, depois que o juiz entender que Lígia sabia do suborno praticado por Lara (Rosanne Mulholland) contra a vizinha de Rita (Alanis Guillen) para que ela mentisse em depoimento ao afirmar que a mãe biológica da criança foi responsável por abandonar a filha.

Lígia entrará em pânico ao perceber que perdeu a filha para Rui, não apenas por ter perdido seus direitos de mãe, mas principalmente porque sabe que o homem não quer cuidar de Nina, mas está fazendo isso apenas para prejudicá-la e tentando encontrar Rita.

Com a mãe biológica e namorada de Filipe (Pedro Novaes) desaparecida, a médica terá de entregar a criança para Rui, já que não há o que fazer, e sofrerá com a perda da guarda, prometendo que seguirá brigando na Justiça para recuperar seus direitos de mãe.

Malhação: A ameaça de Rui

E é neste ponto que Rui mostrará mais uma vez que não tem limites e ameaçará tirar Nina do país, já que agora ele não precisa mais dividir a guarda da filha com a família de Lígia. A frase deixará a situação ainda mais tensa e colocará a médica em completo desespero.

A última salvação de Lígia, e ela sabe disso, seria o retorno de Rita, a mãe biológica que teria direitos acima dos de Rui e por isso, o cerco para encontrar a mocinha vai ficar cada vez maior.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!