Reportar erro
Memorável

De Lost a Michael Jackson: oito referências cults do capítulo 102 de Avenida Brasil

A produção transformou a virada da novela uma das preferidas do público

 De Lost a Michael Jackson: oito referências cults do capítulo 102 de Avenida Brasil
Nina enterrada viva em Avenida Brasil - Foto: Reprodução/Globoplay

Daniel César

Publicado em 02/02/2020 às 11:30:04

Todo mundo lembra do capítulo 102 de Avenida Brasil exibido em 2012, principalmente pela cena em que Nina (Débora Falabella) é enterrada viva por Carminha (Adriana Esteves) . Considerado um capítulo memorável pelos telespectadores, a Globo tem feito chamada especial para a semana de virada da novela.

Por isso, este espaço apresenta a capacidade que a produção teve em reunir diversas referências de séries, filmes e músicas cults ao longo do capítulo e criou uma lista. Confira:

Laranja Mecânica

A tortura emocional e psicológica promovida por Carminha a Nina levou a mente dos fãs do cinema à película Laranja Mecânica, um dos principais filmes da História do cinema mundial. A história ousada para a época que mostrou o líder de uma gangue inglesa sofrendo tortura psicológica como experimento científico a fim de evitar que voltasse a vida de crime e violência foi homenageada nas sequências de tortura emocional, com trilha sonora impecável que se viu no início de Avenida Brasil.

Carrie, a Estranha

Já no fim do capítulo, em sua última cena, outra grande obra da Literatura - e que também ganhou vida no Cinema - teve sua referência. Nina tremendo, descontrolada, toma banho numa banheira com a ajuda de sua irmã Begônia. Completamente descontrolada a mocinha mostra-se ainda mais disposta a se vingar após o que passou e a cena mostra seu corpo todo imundo. A cena é uma clara referência ao banho de Carrie, após a primeira humilhação pública que sofreu das colegas de escola e, tremendo, começa a pensar em vingança.

Supernatural

O início do segundo bloco do capítulo surgiu para homenagear uma série americana. Supernatural que tem milhões de fãs ao redor do mundo - principalmente jovens e adolescentes - esteve presente na cena em que Nina, enterrada viva, se desespera ao ser abandonada por Carminha e Lúcio e grita por socorro. O posicionamento da câmera, aberta, mostrando o buraco em que a protagonista estava e tudo vazio ao redor, foi exatamente igual ao modelo da cena final da terceira temporada da série americana, em que Dean Winchester grita por socorro num plano aberto, mostrando-o no buraco, mas no inferno e não enterrado.

Thriller

Quem viu Nina saindo do buraco em que foi enterrada viva lembrou-se automaticamente do clipe mais importante da música mundial. Thriller, de Michael Jackson. Apesar da sequência não lembrar exatamente um dos muitos momentos do clipe, foi impossível não ligar os fatos, quando apenas a mão da Nina é mostrada saindo da cova, muito parecido com o que ocorre na música com o clipe mais aterrorizante que o mundo já viu.

O Iluminado

Um dos grandes filmes de terror da História também teve sua referência neste capítulo. Nina enterrada viva e Carminha fazendo terrorismo psicológico. Aqui não houve nenhuma cena idêntica ao brilhante filme O Iluminado, mas ao ver toda a expressão facial de Carminha, os gritos, as risadas e o olhar macabro, era impossível não compará-la ao surtado protagonista do filme. Aliás, a foto que ilustra o cartaz do filme mostra que a expressão de ambos é praticamente idêntica.

Lost

Uma das série mais icônica da TV mundial também foi referenciada. Nina já fora da cova, jogada no chão, desmaiada, abre os olhos. O take no olho da personagem e ele se abrindo foi uma clara homenagem a Lost, cuja primeira cena era justamente com Jack, um dos protagonistas do show, abrindo o olho após o acidente que os levaram a Ilha. Ao longo das seis temporadas, diversos episódios de Lost tiveram cenas iniciadas assim e este tipo de cena transformou-se em moda na série.

Kill Bill

Falar de qualquer cena em que uma personagem enterra a outra viva e não citar Kill Bill seria uma heresia. Um dos mais conhecidos filmes do brilhante diretor Quentin Tarantino foi referenciado e praticamente todos os telespectadores se lembraram de Kill Bill, em que uma personagem enterra a inimiga viva. Apesar da sequência acabar tendo sido diferente, as referências e homenagem a outra cena icônica do Cinema ficou clara.

The Walking Dead

A mais clara referência em todo o capítulo ficou por conta da série atual sobre Zumbis. Aliás, uma das produções mais idolatradas, The Walking Dead serviu de referência tanto no roteiro, quanto na direção e na interpretação de Débora Falabella. Na sequência em que Nina caminha cambaleante por uma estrada de terra, com o olhar vazio, a referência ao modo como os zumbis da série americana caminham e todo o clima de terror das sequências ficou absolutamente claro na mente do telespectador.

Mais Notícias