Reportar erro
Novidade

Carlos Lombardi e Aguinaldo Silva se juntam em projeto fora da TV

Consagrado autor do horário das sete dará curso de roteiro

Carlos Lombardi e Aguinaldo Silva
Carlos Lombardi estará na Casa Aguinaldo Silva - Foto: Montagem
Naian Lucas, com Daniel César

Publicado em 16/01/2020 às 13:14:00

O autor Carlos Lombardi vai usar toda sua experiência para dar aula na Casa Aguinaldo Silva a partir de março deste ano. O novelista irá ministrar um curso de roteiro, ensinando técnicas para construção de enredo e personagens de seriados e falará um pouco do universo de telenovelas.

“O curso será voltado para a confecção de roteiros de seriado e pitadas de novelas. Vamos ter exercícios individuais e também em grupos e será bacana poder mostrar um pouco do que aprendi em 40 anos de experiência”, explicou Lombardi em conversa com o NaTelinha.

A Casa Aguinaldo Silva confirmou o novo projeto do autor e anunciou aos seus seguidores e alunos, através do Instagram na última quarta-feira (15), quando as aulas terão início.

“2020 só está começando e as novidades da CASA não param! Quer aprender a escrever roteiro para novelas, séries e filmes? Ter conhecimento de técnicas para construção de enredo e personagem? Essa é a oportunidade perfeita! Carlos Lombardi, autor, roteirista e produtor, dará um curso de roteiro todas as quartas-feiras das 19h30 às 22h! O curso inicia dia 11 de março e vai até dia 29 de abril”, anunciou o perfil da instituição administrada por Aguinaldo Silva, que está de saída da Globo após 40 anos.

Lombardi deixou a Record em 2016, mas ele contou em entrevistas recentes que continua trabalhando em outros projetos de roteiros para apresentar ao mercado em breve.

Carreira de Carlos Lombardi

Carlos Lombardi é um dos autores mais prestigiados do Brasil. Sua carreira começou na TV Tupi, quando escreveu Como Salvar Meu Casamento (1979), na TV Tupi. Em 1983, ele colaborou na novela Guerra dos Sexos, um dos grandes fenômenos do horário das sete

Assinou Vereda Tropical (1984) e a partir daí emplacou diversos sucessos na faixa das sete e minisséries, como Bebê a Bordo (1988), Perigosas Peruas (1992), Quatro por Quatro (1994), Uga Uga (2000), O Quinto dos Infernos (2002) e Kubanacan (2003).

Após três décadas na Globo, ele se transferiu para Record e escreveu Pecado Mortal (2013). Mesmo não tendo grandes índices de audiência com a produção, recebeu muitos elogios dos especialistas.

Mais Notícias