Reportar erro
O dilema de Lola

Éramos Seis: Assad impõe condição para viagem de Julinho e rapaz se humilha

Alfredo briga com Lola, sai de casa e dorme ao relento

André Luiz Frambach
Julinho se muda para o Rio de Janeiro em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 15/01/2020 às 07:35:00

Em Éramos Seis, Assad (Werner Schünemann) convidou Julinho (André Luiz Frambach) para ser gerente da nova loja que ele está abrindo no Rio de Janeiro a pedido da filha, Soraia (Rayssa Bratillieri). A proposta fez o olho o jovem ambicioso crescer os olhos. Então, o vendedor não pensou duas vezes antes de aceitá-la. Quem não gostou muito da ideia foi Lola (Gloria Pires). A dona de casa acha o menino novo demais para morar sozinho em outra cidade.

Agora, o namorado da Lili (Triz Paris) vai ter que convencer a viúva de Júlio (Antonio Calloni) a apoiar sua decisão. Do contrário, Assad já deixou claro que só o leva com a permissão da mãe.

Já o roubo de Alfredo (Nicolas Prattes) será descoberto por Lola e sua família. O rebelde tem uma séria discussão com a mãe que teima em afirmar que Carlos (Danilo Mesquita) é um exemplo a se seguido. Irritado, ele sai de casa e acaba passando a noite na rua.

Confira!

Assad pressiona Julinho com viagem para o Rio de Janeiro

Em Éramos Seis, Assad está de mudanças para o Rio de janeiro onde pretende abrir uma filial da sua loja de tecidos e convidou Julinho para ser gerente. Sonhando com sua ascensão profissional e pessoal, o filho da Lola não pensou duas vezes antes de aceitar a proposta.

Porém, a doceira desaprova a partida de um filho tão jovem de casa. Então, os dois acabaram discutindo e o rapaz acusou a mãe de querer impedi-lo de crescer assim como o pai desejou um dia, magoando-a. Nos próximos capítulos de Éramos Seis, será o patrão do irmão de Alfredo quem irá cobrar uma posição. Quando fica sabendo que Lola não concorda com a partida do filho, o turco dirá que só mantém a proposta se Julinho tiver a bênção da mãe.

Tudo acontece durante conversa do vendedor com Almeida (Ricardo Pereira). Ele indaga ao colega de trabalho se é errado passar por cima da vontade de sua mãe e seguir seu coração.

“O melhor era que ela lhe desse a bênção, menino… Eu não gostaria que um filho meu fosse embora contra a minha vontade…”, responde Almeida ao rapaz que não acha certo que Lola empate sua vida. Posteriormente, será o próprio patrão de Julinho quem irá pressionar o funcionário. Julinho afirma que irá se mudar mesmo sem o aval da mãe e o turco discorda.

“Não, não, rapaz, que isso? Não quero que vá contra a vontade de dona Lola… O seu pai foi um ótimo funcionário, amigo, ele não ia gostar disso. Se a dona Lola concordar com a sua ida, muito bem… Senão, prefiro arrumar outro empregado lá no Rio mesmo”, rebate.

A reação de Assad deixa o irmão da Isabel (Giullia Buscacio) desapontado. Agora, ele fará de tudo para convencer a mãe de que o melhor para sua vida agora é mudar-se para o Rio. A cena vai ao ar no capítulo do dia 16 de janeiro

Julinho pede a Lola de joelhos para que o deixe partir

Julinho não se conforma em perder aquela que parece ser a grande chance da sua vida por causa de um capricho da sua mãe. O rapaz foi convidado por Assad a gerenciar sua nova loja de tecidos no Rio de Janeiro. Apegada aos filhos, Lola não dá permissão para que seu caçula saia de casa e vá morar em outra cidade. Mesmo assim, ele já estava decidido a passar por cima da vontade da sua mãe quando foi pressionado pelo patrão.

O pai de Soraia afirma que o emprego só está de pé se o vendedor tiver o aval da dona de casa. Então, o jeito será se humilhar se quiser convencer a irmã de Clotilde (Simone Spoladore) a deixá-lo partir.

“Julinho… já sei que é um ótimo funcionário, e tem ganas de crescer… Mas não é a mim que precisa convencer mais de nada. É à sua mãe. Dona Lola é que vai decidir se você pode ir ou não conosco para o Rio. Boa sorte!”, avisa o turco.

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, o jovem decide ter uma conversa séria e definitiva com sua mãe, a quem já havia ofendido quando a acusou de impedir o marido de subir na vida. Ao chegar em casa depois de mais um dia de trabalho, Julinho chega cria coragem e vai até dona Lola. “Mãe… Desculpe importunar de novo com meus poréns, mas vem cá”, chama a cozinheira.

“Olha nos meus olhos. Quero que veja dentro de mim. Entendo que se preocupe. E que uma mãe jamais queira ter seus filhos longe, mas uma hora esse dia chega, mãe…”, alega o vendedor. “Mãe, vou saber me comportar no Rio de Janeiro. Prometo viver de acordo com o que me ensinou. Vou ser responsável. Palavra de honra. E não vou me esquecer da nossa casa, nem da senhora, nem de ninguém aqui… Me dá sua bênção, me deixa ir”, implora de joelhos.

Com os olhos cheios d’água, a dona de casa acaba dando sua bênção ao filho. “Meu coração está apertado, mas é bom ver que está aí, filho, cheio de disposição em acertar. Tenho que fazer o que é preciso, não importa o quanto isso me faça sofrer”, diz.

O coração de Julinho se enche de esperanças até que finalmente consegue a permissão da mãe. “Não para ir para o Rio de Janeiro, que isso eu me conformei só… Você me mostrou que pode decidir sozinho”, ressalta. “É uma permissão para que siga seu caminho e seja feliz. Apesar de tudo e de todos. Até da sua mãe”, responde Lola. Na sequência, o menino se levanta e dá um abraço forte na dona de casa. A cena vai ao ar no próximo dia 16.

Alfredo dorme ao relento após brigar feio com Lola

Alfredo perdeu seu emprego na oficina depois de roubar Osório (Nicola Siri) e inventou uma desculpa para Lola. A dona de casa desconfiou da história e pediu a Carlos (Danilo Mesquita) que descobrisse a verdade. Quando soube que o irmão agiu como ladrão, o ex-estudante de medicina foi tirar satisfações e os dois saíram no tapa. A viúva de Júlio tentou conversar com o filho, perdeu a cabeça e por pouco não lhe bateu.

Quando ela insinuou que o rapaz deveria seguir os passos do irmão e se tornar mais responsável, o namorado de Adelaide (Joana de Verona) disse ter herdado o gene ruim do pai, já falecido, e ela não gostou. Para Lola, o vendedor era um homem honesto sendo que ele cometeu seus deslizes ma vida como, por exemplo, ter tido uma amante por anos. Então, estaria longe de seguir como bom exemplo.

A dona de casa chega a levantar a mão para bater no filho, mas volta atrás e o máximo que ela consegue é começar a chorar enquanto vê Alfredo sair batendo a porta com os olhos marejados. Sem ter para onde ir, o jovem procura pela namorada na casa da tia, Emília (Susana Vieira), mas acaba sendo dispensado pela moça que prometeu ficar cuidando da irmã, Justina (Júlia Stockler). “Então o melhor que tem a fazer é ir para sua casa. E assumir seus erros”, aconselha Adelaide.

No caminho, Alfredo encontra Lúcio (Jhona Burjack) e resolve desabafar com o vizinho. “Deviam inventar outra maneira dos seres humanos viverem… morar por tanto tempo, todos debaixo do mesmo teto…como se fossem obrigados a gostar um do outro só porque são uma família… não é para mim”, confessa o mecânico

Na sequência, Lola aparece preocupada com a demora do filho que não apareceu na hora do jantar. Na manhã seguinte, Afonso (Cássio Gabus Mendes) abre o armazém e se surpreende com a visão do filho da doceira dormindo em um banco de praça. O pai de Inês (Carol Macedo) o acorda e oferece um café, mas Alfredo recusa a oferta e pede que o comerciante se afaste dele antes que se decepcione outra vez, já que vive metendo os pés pelas mãos.

“E não foi só o roubo. Eu me senti acuado, briguei com o Carlos… e depois, quando vi minha mãe decepcionada, em vez de me desculpar, falei coisas terríveis…”, se penaliza Alfredo.

“Alfredo, vi você deste tamaninho… E já vi fazendo coisas boas, gestos de valor, de coragem. É mais fácil te criticar, dizer que não tem jeito, nem conserto. Todo mundo sempre repetiu isso até o ponto de você próprio acreditar. Mas não é verdade”, Afonso.

“Eu sei que tem um valor aí dentro, que sua mãe te deu, e que vai se tornar um homem de qualidades. Pode não ser do jeito que o mundo espera de você, mas vai ser do seu jeito. E pode estar certo de que é o que a sua mãe espera de você”, complementa o amigo de Lola. A cena vai ao ar no capítulo do dia 21 de janeiro.

 

Mais Notícias