A chapa vai ferver

Alberto tem ato heroico, pede para morrer e quase consegue em Bom Sucesso

Bandido inocenta Marcos e entrega Diogo em delação premiada

Alberto tem ato heroico, pede para morrer e quase consegue em Bom Sucesso
Alberto implora para que Diogo o mate em Bom Sucesso

Publicado em 15/01/2020 às 05:39:00

Por: Taty Bruzzi

Nos próximos capítulos de Bom Sucesso, Pessanha (Walter Breda) será pego pela polícia acusado de tentar matar Paloma (Grazi Massafera) e confessa em delação premiada que cumpria ordens do Diogo (Armando Babioff). Antes, o ex-policial tenta escapar do país e será traído pelo advogado que nega ajuda. Então, o pilantra promete que caso seja pego vai levar seu comparsa junto e será isso o que acaba fazendo.

O depoimento será suficiente para garantir um pedido de prisão preventiva contra o ex-marido da Nana (Fabiula Nascimento) e inocentar Marcos (Romulo Estrela) da acusação de tráfico de drogas. Procurado pela polícia, Diogo planeja sua fuga ao lado de Gisele (Sheron Menezzes), mas muda de planos ao descobrir que a secretária o traiu mais uma vez ao se bandear para o lado dos Prado Monteiro.

Então, ele a sequestra e leva para morrer queimada ao lado de todos os seus inimigos. Como um herói, Alberto (Antonio Fagundes) oferece sua vida em troca da dos seus filhos e funcionários, mas fica na mira do advogado enlouquecido.

Confira as emoções finais de Bom Sucesso:

Pessanha entrega Diogo e livra Marcos da prisão

Nos próximos capítulos de Bom Sucesso, Pessanha será preso pela tentativa de assassinato contra Paloma. Como as imagens do pilantra foram registradas pela câmera de segurança da quadra da escola Unidos do Bom Sucesso, o comparsa de Diogo se torna procurado pela polícia. Antes de ser pego, o bandido procura pelo vilão e exige mais dinheiro para sua fuga, só que o pedido será negado já que ele não conseguiu concluir com o combinado, provocando a ira do safado.

Ele vai tirar satisfações diretamente com Diogo no hotel em que o ex-marido da Nana está hospedado e acaba sendo reconhecido por um policial à paisana que o leva para a delegacia. Pessanha concorda em fazer uma delação premiada. “Eu quero colaborar. Eu sei de muita coisa. Vamos fazer um acordo. Quem me pagou para fazer o serviço foi o doutor Diogo Cabral”, começa a falar.

“Sabe aquele flagrante de tráfico de drogas em Búzios? Que saiu do jornal? Envolvendo o Marcos, filho do dono da editora? O Diogo que me pagou para armar tudo", confessa o pilantra.

O advogado não imaginava que seu comparsa havia gravado todas as conversas que manteve com o vilão negociando cada falcatrua e as conversas servirão para inocentar o namorado da Paloma da acusação de tráfico de drogas. A cena vai ao ar no próximo dia 16.

Alberto se oferece em sacrifício para salvar a família  

Nas emoções finais de Bom Sucesso, Diogo planeja o fim da Prado Monteiro e de todos os seus inimigos de uma só vez. A essa altura, o vilão já terá seu pedido de prisão preventiva expedido. Antes que seja pego pela polícia, e pensa em fugir na companhia de Gisele, mas desiste ao descobrir que a amante o está enganando todo esse tempo fazendo-o crer que ela é sua cúmplice no plano de vingança contra a família de Alberto.

Então, ele sequestra a secretária e a carrega até a editora no meio da noite. O casal passa a madrugada escondido, ela presa e amordaçada em um cômodo, até que o dia amanheça. Com o expediente prestes a começar, Diogo surge e ameaça a todos os presentes na empresa. A ideia do vilão é atear fogo na editora, provocando uma morte coletiva, inclusive a dele.

Quando vê as labaredas subirem, Alberto se desespera e implora para que o ex-genro liberte o mate nem que seja com um tiro, mas liberte sua família e os seus funcionários, mas o advogado ainda debocha do idoso. “Eu avisei que ia me vingar. Afinal, quem mexe com fogo... Sempre sonhei em encontrar com você no inferno, seu velho demente!", ameaça do vilão. “O único que vai para o inferno aqui será você", prevê Alberto.

Quando percebe o desespero do pai, Nana se intromete entre os dois e apela para que o ex-marido deixe pelo menos os funcionários saírem, ficando somente a família Prado Monteiro e ele. Antes que Diogo ceda ao pedido da executiva, o dono da Prado Monteiro continua pedindo ao pilantra que o mate. “Deixe eles irem embora, seu Nero de meia tijela! A sua rixa é comigo”, esbraveja Alberto.

“Diogo, acaba logo com isso. Atira em mim. Você estará me prestando um favor”, alega o empresário enquanto começa a tossir com a fumaça do local. “Eu sei disso, por isso não tem graça nenhuma. Eu quero ver você queimando como um bruxo", ironiza Diogo.

A tosse de Alberto se torna mais intensa e o vilão o provoca ainda mais. “Asfixia. Que delícia! É o começo do fim”, grita o ex-amante de Gisele. Marcos reage e tenta tacar um livro no embuste. Na sequência, Gisele aparece e se joga por cima do pilantra que cai e perde a arma que estava em sua mão. “Vão embora! Fujam daqui! Rápido!", ordena a morena aos berros.

O namorado da Paloma ainda tenta em volta para salvar a ex-funcionária, mas será impedido pelas fortes chamas. Todos saem da editora, com exceção de Diogo e Gisele que ficam lutando. Neste meio tempo, os bombeiros chegam e conseguem socorrer os demais reféns. Já o casal de amantes será dado como morto e seus corpos não terão como serem identificados já que tudo ficou carbonizado. A cena será exibida no dia 17 de janeiro.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!