Maquiavélica!

Emília penaliza Justina e estado de saúde da moça piora em Éramos Seis

Éramos Seis: Justina tem lápis de cor confiscados e fica sem poder desenhar

Emília penaliza Justina e estado de saúde da moça piora em Éramos Seis
Emília castiga Justina para esconder segredo do passado em Éramos Seis

Publicado em 07/01/2020 às 06:49:00

Por: Taty Bruzzi

Em Éramos Seis, ao invés de lidar com a doença da filha, Emília (Susana Vieira) preferiu isolar Justina (Julia Stockler) do mundo. Depois que saiu do manicômio, a moça se refugiou na casa da mãe da Lola (Gloria Pires) e tem sido mantida por lá.

Recentemente, a milionária levou um susto daqueles ao descobrir um desenho feito pela irmã da Adelaide (Joana de Verona) no qual aparece a figura de uma pessoa deitada em uma poça de sangue.

Os rabiscos podem apontar para um forte segredo que a socialite prefere esconder. Temerosa, nos próximos capítulos da trama Emília vai tomar uma atitude drástica e provocar a piora na saúde da filha.

Os atos da mãe farão com que Adelaide desconfie de que a milionária esconde algo. Então, a feminista sai em defesa da irmã e, ainda, decide investigar o que está por trás da atitude de Emília. Confira!

Emília proíbe Justina de desenhar e provoca um surto na filha

Emília viajou até Itapetininga disposta a trazer Justina de volta para sua casa em São Paulo. A ricaça não ficou nada satisfeita ao descobrir que Olga (Maria Eduarda de Carvalho) descumpriu suas ordens e parou de dopar a prima com remédios.

Entretanto, a socialite foi obrigada a aceitar que a convivência da moça com a parte mais humilde da família lhe fez bem e, até, garantiu à jovem alguns avanços no seu comportamento.

Por outro lado, um fato ocorrido durante o encontro entre mãe e filha deixou Emília temerosa. A ricaça surpreendeu Justina desenhando e chegou a elogiar os traços da prima da Clotilde (Simone Spoladore).

Para sua surpresa, a irmã da Adelaide confessou que este sempre foi um dos seus passatempos favoritos, só que como a mãe nunca lhe deu muita atenção desconhecia suas habilidades, deixando-a sem graça.

No entanto, um desenho em especifico fez com que Emília ficasse completamente apavorada. No caso, era a imagem de um corpo deitado em uma poça de sangue e que pode ter algo a ver com um crime ocorrido na casa da tia da Lola, no passado.

Antes de tomar qualquer atitude, a ricaça deu uma sondada na filha a fim de tentar descobrir de onde ela buscou inspiração para fazer o desenho, mas acabou sendo expulsa do quarto.

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, a mãe da Justina irá tomar uma medida drástica e confiscar os lápis de cor da filha. Uma vez impedida de desenhar, a jovem terá um surto e deixar todos assustados.

A milionária entra no quarto da moça sem que ninguém perceba e observa calmamente os desenhos espalhados pela parede do cômodo. Em seguida, ela vê a caixa de lápis de cor da filha, pega e os leva embora.

Na sequência seguinte, Justina dá falta dos lápis e começa a gritar. “Na?o vou mais poder desenhar, nunca mais. Meus la?pis sumiram. Sumiram!”, berra enquanto chora em um canto.

“Como sumiram? Ja? procurou direitinho? Vamos ver, te ajudo, a caixa deve estar por aqui”, responde Adelaide. “Desapareceram... Todos eles”, continua a gritar Justina.

“Acha que algue?m pegou?”, indaga a namorada do Alfredo.

A cena vai ao ar no próximo dia 10.

Adelaide desconfia da mãe e decide investigá-la

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Emília penaliza Justina por causa de uns desenhos e causa um ataque na filha. Adelaide pressiona a mãe e a milionária se defende alegando que os desenhos perturbam a moça.

Esperta, a namorada do Alfredo percebe que é a socialite esconde algo e decide investigá-la. Tudo acontece depois que a tia da Lola encontra um desenho com a imagem de um corpo deitado em uma poça de sangue.

O rabisco serve de pista para uma tragédia ocorrida na mansão da milionária que fica surpresa ao descobrir que Justina ainda se lembra do que aconteceu no passado. Por isso, ela resolve impedir a jovem de voltar a desenhar.

Questionada por Adelaide, Emília confessa o que fez e se defende. “Esses desenhos perturbam a Justina. Levam sua irma? para um mundo de devaneios, quando o que precisamos urgentemente e? traze?-la para a realidade”, alega a ricaça.

A feminista rebate a mãe e tenta fazê-la mudar de ideia, pois acredita que o hábito só faz bem à Justina, mas a tia da Olha se mostra irredutível, deixando a filha ainda mais desconfiada.

Inconformada, Adelaide compra uma nova caixa de lápis de cor e entrega para a irmã sem que sua mãe veja. Em seguida, a moça marca uma consulta com o médico a fim de descobrir se os desenhos podem revelar algum trauma sofrido por Justina.

A sequência vai ao ar no capítulo do dia 10 de janeiro. .




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!