Quem sofreu mais?

De Maria da Paz a Vivi Guedes: Os personagens que mais sofreram em A Dona do Pedaço

Quem mais merece o céu depois de ter vivido o inferno na novela?

De Maria da Paz a Vivi Guedes: Os personagens que mais sofreram em A Dona do Pedaço
Esses personagens derrubaram muitas lágrimas em A Dona do Pedaço

Publicado em 11/11/2019 às 05:01:00 ,
atualizado em 11/11/2019 às 09:20:03

Por: Taty Bruzzi

Em A Dona do Pedaço, eles fizeram jus ao ditado que diz "comeram o pão que o diabo amassou". Teve quem fosse roubado, humilhado, agredido, manipulado, traído, feito de trouxa e, até, viram a morte de perto

Destacamos 5 personagens que sofreram e choraram tanto de dar dó. Agora, estando a novela em sua reta final, merecem voltar a sorrir.

Relembre a trajetória de cada um e veja para qual vai sua maior torcida:

Maria da Paz (Juliana Paes)

A heroína desta história tem uma trajetória de luta e decepções. Ainda na juventude, Maria da Paz (Juliana Paes) se apaixonou por Amadeu (Marcos Palmeira), mas seu amor era impossível porque o rapaz pertencia a uma família rival. 

Mesmo assim, o casal brigou para ficar junto e só não conseguiu porque a avó da moça, Dona Dulce (Fernanda Montenegro), atirou no noivo quando o casal estava no altar. A ação provocou uma guerra entre os Matheus e Ramirez. 

Jurada de morte, Maria da Paz fugiu da cidade e foi parar sozinha em São Paulo. Grávida e acreditando que o pai do seu filho morreu, ela precisou se virar para sobreviver. A boleira construiu um verdadeiro império vendendo bolo na rua. 

Muitos anos se passaram, ela está rica, estabilizada e com a filha criada quando sofre novo golpe da vida, desta vez pelas mãos da filha Josiane (Agatha Moreira) que se junta a Régis (Reynaldo Gianecchini), playboy falido e pilantra, para aplicar um golpe na mãe.    

Antes, Maria da Paz reencontra Amadeu, mas ele está casado e com outra família. A decepção a faz se aproximar do amante da filha, com quem se casa. Depois disso, a empresária começa a fazer investimentos arriscados por influência da filha e do marido. 

Quando descobre a traição, a capixaba dá um tiro no Régis, vai parar na cadeia, responde a processo, é expulsa de casa pela Josiane praticamente com a roupa do corpo, vai morar de favor na casa da Marlene (Suely Franco), perde a fábrica e volta a vender bolo na rua. 

Vivi Guedes (Paolla Oliveira)

Quando criança, Virgínia foge com a mãe depois que a irmã, Fabiana, é sequestrada. As duas pretendiam sair da cidade, mas sua mãe é baleada e morre, enquanto que ela sai correndo e acaba sendo encontrada por Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natalia do Vale) no meio da estrada. 

Criada pelo casal com todo conforto, já adulta a moça se torna Vivi Guedes (Paolla Oliveira), uma Influencer Digital. A noiva de Camilo (Lee Taylor) tinha a vida perfeita até reencontrar sua irmã desaparecida. 

Fabiana (Nathalia Dill) foi criada em um convento e tinha poucas recordações da sua família, até descobrir a existência de uma irmã rica e ir atrás dela na esperança de se dar bem. Ambiciosa, faz de tudo para roubar a vida da modelo. 

Se não bastasse ter uma cobra por perto, Vivi se torna alvo do motorista da família depois que a filha do funcionário, que trabalhava como empregada na casa de Otávio, se envolve com o patrão, engravida e é obrigada a fazer um aborto. 

A moça morre durante o procedimento e seu pai decide se vingar do empresário matando a It Girl. Ele contrata Chiclete (Sergio Guizé), mas o justiceiro se apaixona pela sua “encomenda” e desiste do trabalho. 

Vivi corresponde a esse amor e os dois se tornam amantes. Quando Camilo descobre a traição, humilha a modelo no altar. Obcecado pela jovem, ele reúne provas contra o primo da Maria da Paz e obriga a blogueira a se casar com ele para salvar o matador profissional. 

Começa aí o calvário da moça. O policial coloca a governanta Berta (Ana Lucia Torre) para vigiar a mulher. Assim, ele implica com suas roupas, atrapalha o seu trabalho, tira seu celular e os cartões de crédito, a deixa presa no quarto escuro, sem águe e comida. Uma verdadeira tortura psicológica só porque ela se nega a transar com ele.

Téo (Rainer Cadete)

Fotógrafo profissional, da câmera do Teo (Rainer Cadete) que sai as fotos da Vivi Guedes que tanto bombam na Internet. Rapaz ingênuo e de bom coração, acaba se torando presa fácil da Josiane. 

A filha da Maria da Paz começa a trama sonhando com a carreira de Influencer Digital. Assim, ela convence sua mãe a contratar Kim (Monica Iozzi) e a assessora para a cuidar da imagem da patricinha. 

Téo se apaixona pela pilantra assim que a vê. Como Jô se torna amante do Régis, para que ninguém desconfie ela aceita namorar o fotógrafo.

A moça inventa que tem problemas sexuais só para não manter intimidade com o rapaz e ele acredita.  Quando descobre que está sendo enganado, o amigo da Kim se junta a Maria da Paz e ao Rock (Caio Castro) para dar uma lição na vilã.

Com a ajuda de Agno (Malvino Salvador), eles conseguem fazer com que Josiane perca tudo o que roubou da mãe.  A ideia é fazer com que a filha de Amadeu se torne mais humilde e dê valor ao trabalho.

Quando se dá conta de que sua única chance é manter a relação com Téo, Jô o faz acreditar que ela mudou e está se esforçando para sobreviver.  Os dois retomam o romance e o fotógrafo se vê ainda mais apaixonado pela víbora, a ponto de colocar seu flat em reforma só para se casar com a pilantra.

Nesse meio tempo, a vilã trai o namorado com outro rapaz, Willian (Bruno Gissoni), que a ajude com alguns crimes na Internet e ela o paga pelos serviços prestados com noites quentes de sexo. 

Já Téo, descobre que foi ela quem matou Jardel (Duio Botta), mordomo da família. Apesar do choque, ele dá uma chance para ela se explicar. Josiane inventa uma desculpa e ele cai como um patinho. 

Para garantir que não será denunciada, a moça marca um encontro com o rapaz em um motel com a desculpa de comemorar uma nova fase do amor dos dois e lhe dá golpes com um picador de gelo. 

O fotógrafo é levado para o hospital entre a vida e a morte, passa por uma cirurgia e sobrevive. Jô ainda tenta terminar o serviço, mas não obtém sucesso. Ela é denunciada e presa. Ele continua apaixonado por ela apesar de tudo. 

Marlene (Suely Franco)

Foi a professora aposentada quem deu abrigo para Maria da Paz quando a heroína de A Dona do Pedaço chegou em São Paulo. Marlene (Suely Franco) sempre foi um verdadeiro anjo para a capixaba. 

Foi ela quem lhe deu incentivo para vender bolos na rua, cedeu sua cozinha e forno para que ela fizesse suas criações e, ainda, ajudou a moça durante a gestação. A senhora também participou da criação da Josiane. 

Apesar de ter todo reconhecimento por parte da Maria da Paz, não se pode dizer o mesmo da filha da boleira. Jô sempre humilhou a professora aposentada ao invés de tratá-la como avó, que é a figura que ela representou na vida da patricinha. 

Solteirona, Marlene se apaixona por Antero (Ary Fontoura) e vê no advogado a chance de ser feliz. O flerte entre os dois dura mais tempo do que o imaginado e quando ele finalmente decide assumir que também a ama, sofre um aneurisma. 

A essa altura, Maria da Paz e a mãe, Evelina (Nívea Maria), estão morando de favor na casa da professora e a matriarca dos Ramirez concorda em ajudar a anfitriã a cuidar do amigo, que está desmemoriado. 

Quando Antero recupera a memória parcial, ele não se recorda dos sentimentos que tinha por Marlene. Em compensação, se vê apaixonado pela avó da Josiane e a pede em casamento. Interesseira, a “fura olho” passa aceita, deixando a amiga da Maria da Paz arrasada. 

Silvia (Lucy Ramos)

A cunhada do Amadeu começa a trama praticamente noiva do Marcio (Anderson Di Rizzi), mas acaba sendo traída pelo diretor financeiro que se envolve com Kim. Traída e abandonada, a professora de inglês ainda tem que aturar os devaneios da assessora. 

A loira se vê obcecada pelo funcionário da Bolos da Paz e faz a professora de inglês passar por algumas saias justas. O jeito é mergulhar no trabalho, mas a vida acadêmica também não é fácil. 

Na escola em que leciona, Silvia se torna alvo de preconceito racial e violência por parte do Merlin (Cadu Libonati). O irmão do Téo é o típico aluno problemático, que vai mal nas notas, mas não aceita ser chamado a atenção. 

Além de ofensas verbais, Silvia chega a levar uma bofetada do adolescente. Apesar da pressão, ela decide encarar o rapaz e tenta ajudá-lo da melhor forma possível, mesmo ele se negando a ouvir seus conselhos. 

O decorrer desta história, a moça ainda precisa encarar a perda da irmã, Gilda (Heloísa Jorge), que morre em decorrência de um câncer agressivo, e o namorado alcoólatra, Abdias (Felipe Titto). 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!