Fortes emoções

A Dona do Pedaço: Josiane tenta matar Téo, é presa e Maria da Paz se descontrola na cadeia

Trama que termina em novembro ainda apresentará fortes emoções ao público

A Dona do Pedaço: Josiane tenta matar Téo, é presa e Maria da Paz se descontrola na cadeia
Divulgação/ TV Globo

Publicado em 18/10/2019 às 07:11:00

Por: Laís Lubrani

A reta final de A Dona do Pedaço promete muita traição, mentira e emoções fortes. A prova disso é que a derrocada de Josiane (Agatha Moreira) só acontece após a vilã tentar matar o namorado e inventar uma mentira cabeluda para se safar dessa.

Ela tentará até mesmo envolver o ex-namorado e a mãe em suas falcatruas, mas se verá sozinha e chegará até a tremer de ódio.

A megera irá para o chilindró e sua prisão terá muitas consequências.

Acompanhe o que vai acontecer em A Dona do Pedaço:

Mente que nem sente

Disposta a tudo para se livrar da cadeira, a filha de Maria da Paz (Juliana Paes) inventará que quem possivelmente atacou Téo (Rainer Cadete) foi uma amante, com quem ele estava tendo um caso às escondidas.

A invenção, a princípio, só terá fundamentos porque ao entrar no motel ela usará identidade falsa e não será flagrada pelas câmeras do local. A responsável pela investigação até acreditará que o fotógrafo estava com outra no quarto.

Camilo (Lee Taylor) desconfiará muito da história e alertará Yohana (Monique Alfradique) de que tudo não passa de um truque: "Eu conheci o Téo, é o fotógrafo da Vivi (Paolla Oliveira). Eu sempre vi o Téo com a Jô. Nunca soube de nenhuma Letícia", dirá ele.

No entanto, os dois policiais irão até o apartamento da filha da protagonista. A megera fingirá surpresa: "O Téo? Eu liguei para ele o dia todo, só deu caixa postal. Foi por isso... Como foi que aconteceu?"

Ao receber a notícia de que o noivo estava com outra no motel, ela fingirá ser vítima e inventará uma história. Dirá aos investigadores que está com peso na consciência.

Em seguida, explicará porque: "Eu e o Téo brigamos ontem, justamente porque descobri que ele estava saindo com outra", mentirá ela. A pilantra ainda dirá "por acaso" o nome Letícia, inventado por ela em sua visita ao motel.

Não satisfeita, Josiane inventará um álibi, envolvendo mais um nome na história. Assim que William (Bruno Gissoni) bater na sua porta, ela dirá que no momento no crise estava com ele.

As cenas irão ao ar no dia 29 de outubro.

Influencer de sucesso... Só que não

Para o horror de Jô, Téo (Rainer Cadete) sairá vivinho do atentado e contará para os investigadores tudo o que aconteceu no dia do crime.

O fotógrafo mostrará a fotografia tirada por Fabiana (Nathalia Dill) que mostra o momento exato do assassinato de Jardel (Duio Botta). Com tudo isso em mãos, a dupla de investigadores conseguirá uma ordem de prisão contra a patricinha.

Com a ajuda da avó, a jovem até tentará fugir, mas será em vão: ela será detida e algemada. Dando uma de desentendida, perguntará a razão da ação: "Acusação de assassinato do mordomo Jardel, do garoto de programa Lucas (Kainan Ferraz) e da tentativa de assassinato do fotógrafo Teodoro", explicará Yohanna.

Já dentro da cela com outras presas, Camilo divulgará a prisão da pilantra para um fotógrafo renomado: "Tenho um furo pra você. Uma patricinha presa, serve? Só não pode dizzer que fui eu que bati a notícia pra você", pedirá ele.

Em seguida dirá quem é e o que houve: "Jô Sobral. Era digital influencer. Acusada de assassinato e de ferir o namorado que está no hospital".

O fotógrafo, de nome Álvaro, irá correndo na delegacia e vai se deparar com a patricinha algemada: "Jô Sobral, eu já te segui na internet. como veio parar aqui? Soube que foi acusada de dois crimes, que diz a respeito disso?"

Josiane até tentará dizer que é inocente, mas ele deixará um ultimato: "Não percebe que depois que isso sair publicado, nunca mais sai da internet? Ela, seja culpada ou inocente, será culpada pra sempre na internet".

O delegado perguntará como soube da prisão, mas como prometido, Álvaro não revelará e será expulso do local.

O colunista de fofoca ainda irá atrás de uma das vítimas da falsiane e perguntará a Téo se o que lhe disseram é verdade.

O colega de profissão não dirá nada sobre, então o fofoqueiro finalizará a matéria: "Eu já tenho o que queria. Quem interessa é a Jô Sobral. Já publiquei a primeira notícia na internet. Não perco tempo e já vou publicar a segunda, sobre você."

Logo em seguida, Kim (Monica Iozzi) e Márcio (Anderson Di Rizzi) estarão conversando e a assessora de Vivi se espantará: "Jô Sobral acusada de assassinato", mostrará a manchete para o ex.

Ao observar as redes sociais da pilantra, ela ficará surpresa e o gerente da Bolos da Paz perguntará o que houve: "O que ela sempre quis: bombou na internet", contará Kim.

Caso sigam a previsão, as cenas irão ao ar no dia 4 de novembro.

Visita de Téo faz máscara de Josiane cair

Como um dominó, a vida da filha de Maria da Paz terá diversos acontecimentos ruins. Já na cadeia, ela descobrirá que Téo sobreviveu e chama o ex para uma conversinha.

Já frente a frente, ela pede para que o fotógrafo não testemunha contra ele, dizendo que sabe que errou e que ele foi o único homem que ela amou de verdade.

Esperto, o irmão de Merlin (Cadu Libonati) não acreditará em nada: "Se você provasse que mudou, que tinha matado o Jardel num impulso, por descontrole, eu não ia te denunciar. Mas você não acreditou, achou que eu era como você, que não podia confirmar em mim".

A pilantra até chegará a dizer que se descontrolou por ansiedade, mas a desculpa não cairá bem aos ouvidos do fotógrafo. É aí que Josiane apelará e pedirá perdão.

Firme, Téo responderá: "Da minha parte eu te perdoo, ainda preciso superar tudo o que aconteceu. Só que não me engano mais com você".

Disposta a tudo para se livrar da pena, ela irá implorar para que ele amenize o que houve, mas ele se negará e lembrará a filha da confeiteira que quase morreu.

Ela pedirá que ele invente que foi outra pessoa, mas ele estará convencido em culpá-la: "Quer que eu seja tão idiota a ponto de te inocentar? Tenha só uma certeza, Jô: eu vou sentar naquele tribunal e vou dizer em alto e bom som: ela tentou me matar, tentou me matar", gritará o fotógrafo.

Mordida de raiva, Josiane terminará a cena - prevista para ir ao ar em 7 de novembro - gritando que odeia o ex.

Maria da Paz se recusa a ajudar a filha

Como se não bastasse, a filha de Maria da Paz ouvirá um não da confeiteira, que finalmente abrirá os olhos e verá o real caráter da jovem.

O diálogo entre mãe e filha será tenso. Logo no início, o público verá que a boleira irá proibir a vilã de chamá-la de mãe, explicando que sente arrepio quando ouve essa palavra.

A fim de derreter o coração da mãe, Josiane dirá que continua sendo filha dela, apesar de alguns erros.

A confeiteira não irá se contentar com as palavras da filha: "Dizer que errou é pouco, você foi muito além de um simples erro. Você tá acusada de assassinato. Eu soube também que tentou matar o Téo", dirá.

Josiane então dirá que é inocente e pedirá ajuda da mãe para encontrar um álibi e dará até uma sugestão: "Pode dizer por exemplo, que no dia da morte do Lucas eu não saí de casa. Seria um crime a menos para eu responder."

A jovem tentará envolver a mãe, dizendo que precisa do apoio da família nesse momento. Maria da Paz irá se descontrolar e dirá que não irá mais fechar os olhos. Além disso, gritará, afirmando que não ajudará a filha.

Nervosa, Jô deixará a máscara cair: "Eu fiz o que tinha que fazer, não me arrependo. A única coisa que me arrependo é de não ter dado um jeito de pegar seu dinheiro antes. Pra mim, você não passa de uma boleira. Se não vai me ajudar, se não vai mentir por mim, me deixa".

Perplexa com a perversidade da filha, Maria dirá que só ficará tranquila após a condenação da jovem. Ao final do diálogo, a boleira ficará triste e irá dizer que fez de tudo para que a filha se tornasse outra pessoa, mas o sangue dela é mesmo de gente ruim.

Ao final dessa cena, que vai ao ar no capítulo do dia 7 de novembro, Maria da Paz receberá consolo de Joana.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!