URGENTE
A casa caiu

Josiane faz Maria da Paz desmaiar, tenta matar Téo e recebe castigo na reta final de A Dona do Pedaço

A vilã da trama se verá sozinha após ser presa por crimes

Josiane faz Maria da Paz desmaiar, tenta matar Téo e recebe castigo na reta final de A Dona do Pedaço
Divulgação/ TV Globo

Publicado em 16/10/2019 às 06:55:00

Por: Laís Lubrani

A Dona do Pedaço entra em seus capítulos finais, cheios de emoção e reviravoltas, em especial para Josiane (Agatha Moreira). Tudo começa com a prisão da vilã após tentar matar o noivo. Téo  (Rainer Cadete) ficará muito ferido, mas fará questão de colocar a ex atrás das grades.

A derrocada da filha de Maria da Paz (Juliana Paes) provocará um tsunami na trama. Dentre as cenas, o público verá a boleira sofrer com a prisão da filha. Logo em seguida, ao se recuperar, a confeiteira falará  poucas a boas para a megera.

Além dela, Josiane se verá sem o apoio do ex. O fotógrafo fará questão de dizer que vai depôr contra ela, no dia do julgamento.

Veja os destaques da reta final de A Dona do Pedaço:

Maria da Paz tem piripaque

Amadeu (Marcos Palmeira) terá a difícil missão de avisar a boleira de que a filha está em maus lençóis. A princípio ela acreditará que se trata de algum problema com sua mãe, mas o advogado trará a sentença: "A Josiane está presa, acusada de assassinato".

A filha de Evelina (Nivea Maria) não aguentará a novidade e desmaiará. Mesmo quando despertar, ainda não irá acreditar no que ouviu.

O pai da megera, para tentar acalmar a boleira, dirá que vai tentar defendê-la. No entanto, qualquer palavra será dita em vão: Maria da Paz irá desabar em lágrimas e perder as forças.

A protagonista da trama das 21h ainda relembrará as maldades da filha, mas ainda assim se negará a acreditar que a blogueira está vendo o sol nascer quadrado: "A Josiane já me fez tanta coisa, pegou meu dinheiro, teve caso com o Régis
(Reynaldo Gianecchini). Aprontou, mas... Cadeira é demais para mim que sou mãe".

Acompanhando o desespero da vizinha, Rock dirá que acredita que o piripaque é grave e que ela poderá se tratar de um ataque cardíaco. A possibilidade fará com que Amadeu se desespere.

A cena está prevista para ir ao ar em 5 de novembro.

Josiane perde álibi da mãe

Depois de ir para o hospital, Maria da Paz recobrará os sentidos de vez. A cozinheira irá visitar a filha na cadeira e dirá não para a jovem.

Tudo começa quando a família toda da pilantra se negar a testemunhar a seu favor. Apenas a avó tentará proteger a bandida.

Ao visitar a herdeira, a verdadeira proprietária da "Bolos da Paz" vai proibir a herdeira de chamá-la de mãezinha: "Eu sinto arrepio quando você fala assim", explicará.

A vilã tentará amolecer o coração da protagonista, dizendo que cometeu alguns erros, mas que ela continua sim, sendo sua mãe. Maria da Paz se negará a aceitar as palavras: "Dizer que errou é pouco".

Em seguida, jogará na cara da filha todas as atrocidades pela qual será acusada, mas Josiane tentará negar: "Eu não matei ninguém, mãezinha. Tem que saber disso. Eu sou inocente, tô sendo acusada injustamente".

O diálogo não vai parar por aí. O público do horário nobre ainda verá a criminosa pedir para que a mãe minta por ela: "Eu preciso que me ajude. Que vá no tribunal, que me ajude a encontrar álibi".

A confeiteira ficará espantada, mas a influenciadora digital continuará: "Pode dizer, por exemplo, que no dia  da morte do Lucas (Kainan Ferraz) eu não saí de casa. Seria um crime a menos pra eu responder. Você tem um bom nome, é conhecida como uma mulher de bem", explicará a jovem.

Na mesma cena, Josiane não se cansará tão cedo e ainda dirá que quer criar uma história para explicar o que aconteceu e que precisa da família ao seu lado.

Maria da Paz vai perder a cabeça e dirá  que não quer mais fechar os olhos. Em seguida,  afirmará que não vai ajudar a filha.

A it-girl deixará a máscara cair: "Eu fiz o que tinha que fazer. Não me arrependo. A única coisa que me arrependo é de não ter dado um jeito de pegar seu dinheiro antes. Pra mim você não passa de uma boleira. Se não vai me ajudar, se não vai mentir por mim, me deixa".

Com a explosão da filha, Maria da Paz também irá desabafar. No diálogo, ela dirá que viu quem a filha é com os próprios olhos e que ficará aliviada quando ela pagar por todos os crimes cometidos.

A confeiteira ainda deixará vir à tona a árvore genealógica da vilã: "Todo mundo me disse que você é uma Matheus. Uma Matheus e uma Ramirez também", referindo-se às famílias rivais, que tinham no sangue o instinto assassino.

Ao final da cena, que irá ao ar dia 7 de novembro, Maria se consolará com Joana (Bruna Hamú).

Josiane perde o apoio do ex-noivo

A filha de Amadeu ainda tentará fazer com que Téo alie-se à ela. Em vão. Após quase morrer devido a um atentado da vilã, o fotógrafo visitará Josiane na cadeia e prometerá que ela ficará ali por um longo tempo.

Antes disso, a megera tentará soltar seu veneno mais uma vez, afirmando que sabe que errou, mas que isso não muda o fato de que ele foi o único homem que ela amou de verdade.

Ao ouvir a ex tentar brincar com seus sentimentos, Téo começará a jogar os crimes na cara da filha de Maria da Paz.

O mocinho dirá: "Se você me provasse que mudou, que tinha matado o Jardel (Duiou Botta) num impulso, por descontrole, eu não ia te denunciar. Mas você não acreditou, achou que eu era como você, que não podia confiar em mim".

Dissimulada, ela dirá que tudo não passou de um descontrole e que nunca tentou matá-lo de verdade. Téo, no entanto, já terá aberto os olhos: "Se descontrolou e me atacou com o picador de gelo?"

Josiane, ainda dentro de seu teatro, dirá que o chamou ali para pedir perdão, no entanto, o fotógrafo demonstrará firmeza: "Não está em mim perdoar, mas em Deus. Você fez muita coisa ruim, Jô".

O mocinho ainda continuará o diálogo, afirmando que abriu os olhos: "Da minha parte eu te perdoo. Eu ainda preciso superar tudo o que aconteceu. Só que não me engano mais com você."

A vilã deixará para dar a última cartada ao final, pedindo para que ele minta diante do tribunal, mas o irmão de Merlin (Cadu Libonati) se negará, já que Josiane quase o matou.

Ela ainda tentará mais uma vez, pedindo para que ele diga que não sabe quem o atacou. Ele, novamente, dirá que já contou tudo à polícia: "Quer que eu seja tão idiota a ponto de te inocentar?", dirá o fotógrafo.

Téo ainda continuará: "Eu vou sentar naquele tribunal e vou dizer, em alto e bom som: Ela tentou me matar".

Ao ver que o ex não irá ajudá-la, Josiane perderá a cabeça e, novamente, mostrará quem é de verdade, dizendo que odeia o jovem. Sem entender, já que ela havia se declarado a ele, ela reafirma: "Eu te odeio, eu te odeio. Nem sei por que te chamei aqui. Te odeio".

A cena irá ao ar dia 7 de novembro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!