Romance

“A Dona do Pedaço”: Leandro recusa ir para cama com Agno e revela seu segredo a Chiclete

Leandro cresce e movimenta os próximos capítulos da novela das 21h

“A Dona do Pedaço”: Leandro recusa ir para cama com Agno e revela seu segredo a Chiclete
Leandro defende Agno e tenta conquistar o empresário em "A Dona do Pedaço" - Reprodução

Publicado em 06/09/2019 às 05:31:00

Por: Taty Bruzzi

Em “A Dona do Pedaço”, Desde que chegou à São Paulo que a vida de Leandro (Guilherme Leicam) deu uma mexida daquelas. Contratado para terminar o serviço de Chiclete (Sergio Guizé), o justiceiro também não conseguiu matar Vivi Guedes (Paolla Oliveira). 

Em compensação, o rapaz que antes era conhecido como “Mão Santa” em sua cidade natal, conseguiu um emprego de faxineiro na academia que o Rock (Caio Castro) treina e foi acolhido por Agno (Malvino Salvador) em sua casa. 

Até então, ninguém imaginava que o jovem é gay. Talvez, nem ele mesmo. A certeza só veio com a convivência com o empresário. O pai de Cássia (Mel Maia) trata tão bem o irmão de criação de Chiclete que o ex-matador de aluguel acabou se apaixonando por ele. 

Nos próximos capítulos de “A Dona do Pedaço", Leandro vai se revelar. Depois que confessar seu amor por Agno e ser rejeitado, o jovem vai abrir seu coração e fazer de tudo para conquistar o empresário. Veja o que vem por aí!

Após levar toco, Leandro ameaça Fabiana e é expulso da casa de Agno

Depois de levar um toco de Agno ao abrir eu coração, Leandro perde a cabeça quando Fabiana revela para Cássia que o pai é gay e a menina briga com ele. Irado, Leandro pega sua arma e ameaça a nova dona da Bolos da Paz. Quando fica sabendo o que aconteceu, Agno expulsa o jovem da sua casa, pois não pode acobertar um assassino de aluguel.

Cássia destrata o pai e leva um sermão de Leandro

Aos poucos, Leandro e Agno vão se reaproximando. O rapaz se oferece para cozinhar para o empresário e ele concorda. No capítulo que vai ao ar dia 15, o capixaba prepara uma moqueca, uma das especialidades da sua terra natal, e quando os amigos se preparam para comer são surpreendidos pela chegada de Cássia. A menina vai conversar com o pai a fim de convencê-lo a arrumar uma namorada para que ela não sofra mais bullying na escola, mas dá um ataque quando vê Agno e Leandro no maior clima. Para tentar amenizar a situação, o irmão do Chiclete convida a estudante e o amigo, Merlin (Cadu Libonati), para se sentarem à mesa com eles, mas a filha da Lyris parte para a ignorância e começa a gritar.

”Filha, o Leandro veio fazer um jantar para mim por amizade”, se justifica Agno. No entanto, a adolescente não quer saber de conversa e alega que o pai só a faz passar vergonha. “Eu não vou ficar aqui vendo vocês dois juntos”, responde. Indignado com a grosseria de Cássia, Leandro dá uma lição de moral na garota. “Meus pais me deram para outra família criar. Diz que meu pai chamava Leandro que nem eu. Fui criado pela família do Adão... como irmão do Chiclete, mas nunca me consideraram realmente da família. Eu sempre fui o… acolhido… o criado… por caridade. Carinho… até tive algum, mas não como seu pai tem por você. Não… era uma gente rude, tosca, cascuda. O que é ruim, garota, é não ter um pai que ama a gente. Um pai que dá a gente pra outra família criar. (…) Aceita teu pai como ele é. Tenho certeza, melhor é ter um pai… um pai que gosta da gente”, opina o jovem. Cássia não se sensibiliza, vira as costas e sai batendo a porta para a tristeza de Agno.  

Leandro esconde de Chiclete que é gay e recebe conselho do irmão

Expulso da casa de Agno, Leandro volta para a casa de Antero (Ary Fontoura) e passa a dividir o quarto com Chiclete novamente. Durante uma conversa com o irmão de criação, o namorado da Vivi reclama do comportamento estranho da moça. Ele não sabe ainda, mas a essa altura a It Girl já vai estar sendo ameaçada por Camilo (Lee Taylor). Leandro pergunta se o casal está se entendendo bem e Chiclete afirma que sim.

”Estamos sim, eu amo a Vivi. E sei que ela me ama. Mas alguma coisa tá acontecendo. Alguma coisa que não estou gostando. O duro é não saber de nada, ver que tem coisa ruim acontecendo e esperar”, reclama. Então, o faxineiro concorda ser difícil esperar e Chiclete indaga com ele sobre alguma namorada e ele nega. “Não… namorada não”, responde. “Já tá na hora. Leandro, viver um grande amor é a coisa mais linda do mundo. É o melhor que tem. Eu tive sorte de conhecer a Vivi”, aconselha o ex-matador de aluguel.  A sequência deve ir ao ar no próximo dia 19. 

Leandro volta a morar com Agno e revela a Chiclete que gosta do empresário

Agno sente falta de Leandro e decide se reaproximar do rapaz. Ele o convida para jantar e durante uma conversa se dá conta de que o faxineiro é uma boa companhia. Então, o chama para voltar a morar com ele sob duas condições. “Mas tenho duas condições. Primeiro, vai deixar aquela sua arma comigo. Guardada no meu quarto”, diz. “Segundo, tem que ir na igreja e pedir perdão dos seus pecados para um padre. Se confessar”, alega Agno. “Leandro, você mudou de vida. Eu não sou o homem mais religioso do mundo, mas é uma nova fase. Você tem que pedir perdão a Deus por tudo que fez”, insiste.

Apaixonado, Leandro concorda. Quando está prestes a sair da casa do Dr. Antero, Chiclete indaga sobre a amizade do irmão de criação com Agno e descobre a homossexualidade de Leandro. “Eu vou ser sincero. Por mim, não seria só amigo. Ele é que… gosta de outra pessoa. Mas eu gosto muito dele. Você está bravo comigo?”, questiona o faxineiro. Para sua surpresa, Chiclete apoia o jovem. “Mas eu…eu já vou ser feliz indo para o apartamento dele, ficando perto dele. Vou indo”, se despede do irmão. A sequência vai ao ar a partir do dia 19.

Agno dá em cima de Leandro e ele recua

Cansado dos foras que levou de Rock e se sentindo carente, Agno começa a se insinuar para Leandro, mas ao contrário do que ele imaginava, o faxineiro não cede às investidas do empresário. Tudo acontece depois de mais um jantar. O irmão de criação do Chiclete já vai ter voltado a morar com o empresário.  Os dois lembram quando se conheceram e o ex-justiceiro mais uma vez agradece o respeito com o qual o sócio da Harbitex o trata. "Quando a gente se conheceu, você não tinha dinheiro nem para comer. Eu paguei seus primeiros sanduíches", recorda Agno.

”Eu nunca esqueci sua generosidade", diz Leandro. "Aquilo não foi nada para mim", ressalta o pai de Cássia. "A gente está aqui... Podíamos nos aproximar um pouco mais", sugere Agno enquanto coloca sua mão no ombro do rapaz. "Hoje eu vi quando você falava com o Rock. Você gosta dele ainda", indaga o faxineiro. "Você sabe que eu gosto, não vou mentir", justifica o executivo. "Eu tenho por você um sentimento especial. Um sentimento bonito. Não quero ser um brinquedinho na sua vida", rebate Leandro. "Desculpe", alega Agno.

"Para mim, se um dia tiver que acontecer, tem que ser com sentimento. Agora... Se você me trouxe para cá de volta pensando nisso, eu posso voltar para onde estava, alugar um beliche numa pensão... É só dizer", questiona. "Não, não... Eu gosto da sua companhia. É que... Eu achei que podia ser divertido", comenta o empresário. "Eu sinto muito, Agno. Mas não sou uma diversão. Boa noite", conclui o rapaz para surpresa do ex-marido da Lyris.                   


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!