Milagre

"Jezabel": Muralhas caem e exército sírio é destruído

Mais uma batalha será vencida pelo povo de Israel

Acabe (André Bankoff) irá ordenar que o exército destrua o inimigo. Foto: Divulgação

Publicado em 19/07/2019 às 18:48:07

Por: Naian Lucas

Nos próximos capítulos de "Jezabel", novela da Record, mais uma batalha envolvendo o povo de Israel contra o exército sírio será vista pelos telespectadores e, dessa vez, com direito a um milagre promovido por Deus para mostrar seu poderio contra o exército inimigo, a ponto de derrubar a muralha, matando os soldados.

Tudo acontece quando o exército sírio ficar em volva das muralhas de Samaria, após o exército de Israel já tiver derrotado boa parte dos inimigos, após ordem de Deus de que deveriam atacar porque Deus daria a vitória a seu povo. Acabe (André Bankoff) aproveitará a chance para ordenar o ataque.

Após ter minado a resistência do exército, Acabe notará que muitos soldados sírios estarão em volta da muralha, na entrada de Samaria, buscando armar uma emboscada. Então, diante dos olhos de todos, as muralhas começarão a ruir e se transformarão em pó, matando todo o exército sírio.

"Eu não acredito o que estou vendo diante dos meus olhos", dirá Acabe que ficará surpresa com a força de como Deus não poupou nenhum inimigo de Israel e protegeu a entrada de Samaria.

Vale lembrar que Acabe não vive um reinado protegido por Deus, uma vez que ele se casou com Jezabel (Lidi Lisboa), rainha fenícia que não contava com a aprovação do Todo Poderoso, uma vez que, segundo tradição bíblica, os reis da época só podiam se casar com uma mulher de uma das doze tribos de Israel. 

As sequências com mais um milagre que irá necessitar de superprodução da Record estão previstas para irem ao ar na próxima segunda-feira (22).


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!