Traição

Em "Jezabel", Acabe desconfiará que filho não é seu: "Parece o Tadeu"

Rei de Israel questionará esposa

Em
Acabe (André Bankoff) desconfiará que filho de rainha não é dele. Foto: Divulgação

Publicado em 18/07/2019 às 20:30:32 ,
atualizado em 18/07/2019 às 21:34:15

Por: Redação NT

Nos próximos capítulos de "Jezabel", uma passagem de tempo pulará toda a gravidez da rainha e criará uma situação desconfortável para ela. Isso porque, um ano depois, Acabe (André Bankoff) ao olhar para o filho julgará que ele se parece com Tadeu (Victor Sparapane) e colocará Jezabel (Lidi Lisboa) contra a parede.

"Jorão tem as feições do Tadeu", acusará o rei se referindo ao segundo filho do casal. A frase deixará Jezabel tensa, mas a rainha mais uma vez conseguirá disfarçar e, sem dar resposta definitiva, fará com que Acabe não fique focado nesse tema por muito tempo.

Vale lembrar que, antes da passagem de tempo e no casamento de Queila (Juliana Knust), Jezabel havia anunciado que estava grávida de seu segundo filho e, no mesmo local, mas às escondidas, já havia dito para Tadeu que desconfiava que a criança poderia ser dele.

Acontece que o soldado havia terminado seu caso com a rainha, temendo ser descoberto por Acabe e acabar sendo condenado à morte. Mesmo assim, o rei jamais demonstrou esquecer a desconfiança de que sua esposa o havia traído com um dos homens de seu exército, e as dúvidas somente aumentarão após o nascimento da criança.

Vale lembrar que a sequência em que Acabe diz a Jezabel que a criança tem as feições de Tadeu lembra uma situação semelhante na Literatura brasileira. Em "Dom Casmurro", livro de Machado de Assis, o protagonista Bentinho começa a achar que o jeito de andar e as feições do filho com Capitu são muito semelhantes a de seu melhor amigo Escobar. A desconfiança foi tamanha que ele acabou se separando da mulher.

Em "Jezabel", as primeiras desconfianças de Acabe sobre a paternidade de Jorão acontece em cenas previstas para irem ao ar na próxima sexta-feira (19).


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!