Desempenho

“Topíssima” garante vice para a Record em 10 praças e no PNT

Novela de Cristianne Fridman alcançou bons índices em seus cinco primeiros episódios


topissima_33543834ec6b316bce745af15cac13dc4cbb74b4.jpeg
Felipe Cunha e Camila Rodrigues: protagonistas de "Topíssima" - Reprodução/Record

No ar desde o dia 21, “Topíssima” consolidou a vice-liderança para a Record na média nacional e em dez cidades com medição regular de audiência da Kantar Ibope.

Os cinco primeiros capítulos da novela, escrita por Cristianne Fridman, acumularam uma média de 9,6 pontos no Painel Nacional de Televisão (PNT), contra 27,2 da Globo e 8,5 do SBT. A trama tem como concorrentes em seu horário de exibição “Verão 90”, “Jornal Nacional”, “SBT Brasil” e “Roda a Roda”.

Os melhores desempenhos da atração foram registrados em Salvador e Goiânia, praças em que a Record obtém índices expressivos e eventualmente alcança a liderança na média diária. Em terras baianas, “Topíssima” marcou 16,7 pontos. A TV Bahia/Globo ficou com 21,5 e a TV Aratu/SBT 9,6. Já na capital goiana, a novela teve 14,8 de média, ante 17,6 da TV Anhanguera/Globo e 11,6 da TV Serra Dourada/SBT.

Em Belém, a história de Sophia (Camila Rodrigues) e Antonio (Felipe Cunha) também caiu no gosto do público, com 12,9 pontos acumulados nesses cinco primeiros episódios. No horário, a TV Liberal/Globo deu 33,8 e o SBT 6,3. Os cariocas também aprovaram a trama. No Rio de Janeiro, a Record registrou 11,2 de média. Globo ficou com 28,5 e SBT 7,8.

Em Belo Horizonte e Manaus, a novela obteve a mesma média: 10,3 pontos. No entanto, na capital mineira a Globo fez 23,7 e a TV Alterosa/SBT 9,8. Já em áreas manauaras, a Rede Amazônica/Globo marcou 25,3 e a TV Em Tempo/SBT 10,0.

No principal mercado do país, São Paulo, “Topíssima” fez 9,0 de média, enquanto a Globo liderou com 28,2 e o SBT ficou no terceiro lugar, com 8,4. Ainda no Sudeste do país, em Vitória a novela acumulou 8,6 pontos. A TV Gazeta/Globo deu 22,5 e a TV Tribuna/SBT 8,3.

Pequeno, mas vice

Os menores índices da trama foram vistos no Recife e em Campinas. Mas apesar dos números modestos, a Record esteve na vice-liderança.

“Topíssima” marcou 7,2 pontos na capital de Pernambuco, contra 33,9 da Globo e 6,6 da TV Jornal/SBT. Em Campinas, a média foi de 5,9 – EPTV/Globo registrou 26,8 e VTV/SBT ficou a dois décimos da Record, com 5,7.

Somente em Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Fortaleza e Brasília que a novela de Cristianne Fridman ficou atrás do SBT, em terceiro lugar.