Lista NT

Saiba por onde andam oito atores de “Vale Tudo”

Reprise da novela chegou ao fim neste sábado (09) no Canal Viva

Atores da novela Vale Tudo
O que tem feito atores da novela "Vale Tudo", de 1988?

Publicado em 10/02/2019 às 09:57:19 ,
atualizado em 10/02/2019 às 13:50:57

Por: Taty Bruzzi

A reprise de “Vale Tudo” chegou ao fim neste sábado (09). Escrita por Gilberto Braga, esta foi a segunda vez que a novela é exibida pelo Canal Viva. Desta vez, em comemoração aos 30 anos de sua criação.

Quem acompanhou a trama pôde saber pela primeira vez, caso nunca tenha assistido antes, ou relembrar o destino das principais personagens e quem matou Odete Roitman, a grande vilã do folhetim.

Muitos atores que trabalharam na produção andam sumidos das telinhas. Alguns desistiram da carreira, enquanto outros migraram da TV aberta para os canais a cabo ou optaram por atuar atrás das câmeras.

Confira:

Carlos Alberto Riccelli

Intérprete do modelo César Ribeiro, ao lado de Maria de Fátima (Glória Pires) forma o casal mais trambiqueiro da novela. Com sua ajuda, a jovem consegue entrar para a família Roitman se casando com Afonso (Cássio Gabus Mendes). Depois que o envolvimento entre os dois é descoberto, ele se torna amante da toda poderosa Odete Roitman. Casado com a atriz Bruna Lombardi, os dois moram nos Estados Unidos há muitos amos. Entretanto, nunca deixaram de trabalhar no Brasil. Atualmente, ele dirige a série “A Vida Secreta dos Casais”, produzida pela HBO.

Cristina Prochaska

Fez a Laís, mantinha um relacionamento estável com Cecília (Lala Deheinzelin), que vinha a ser irmã do vilão Marco Aurélio (Reginaldo Faria). Depois que a namorada morre em um acidente de carro, ela assume sozinha a direção da pousada em Búzios, cenário de tramas paralelas. O último trabalho da atriz na emissora carioca foi em 2012, quando participou de um episódio da série “As Brasileiras”.

Daniel Filho

Ator e também diretor, Daniel Filho fez uma participação especial na novela como Rubinho. Ex-marido de Raquel (Regina Duarte) e pai de Maria de Fátima (Glória Pires), o músico era um homem sonhador. Morreu em decorrência de um ataque do coração minutos antes de embarcar para os Estados Unidos, onde faria uma turnê como pianista. Seu mais recente trabalho foi na direção das filmagens de “Sai de Baixo – O Filme”, comédia baseada no programa homônimo que estreia em breve nos cinemas.

Fábio Villa Verde

A estreia do ator na televisão brasileira foi em 1981, na novela “Brilhante”. No entanto, Fábio Villa Verde só se tornou conhecido do grande público quando interpretou o jovem Thiago Roitman, filho da artista plástica Heleninha (Renata Sorrah) com o executivo Marco Aurélio (Reginaldo Faria). Depois de passar pela Record TV e SBT, seu trabalho mais recente foi ano passado, quando retornou a TV Globo para dar vida ao Olavo, personagem de “Orgulho & Paixão”.

Flávia Monteiro

Em sua estreia na TV, Flávia Monteiro interpretava a estudante Fernanda. Filha do Jornalista Bartolomeu (Claudio Correa e Castro) com a dona de casa Eunice (íris Bruzzi), a jovem de apenas 15 anos se tornava namorada do Thiago (Fábio Villa Verde), um dos herdeiros do Grupo Almeida Roitman. Em 1997, a atriz ganhou notoriedade como a Tia Carol, diretora do orfanato em “Chiquititas”, novelinha do SBT, papel pelo qual até hoje é lembrada. Sua aparição mais recente na televisão foi em 2017, quando participou de “Apocalipse”, na Record TV.

Lala Deheinzelin

Formou com Cristina Prochaska o primeiro casal lésbico da teledramaturgia brasileira. Em cena, alguns dos diálogos das personagens chegaram a ser censurados. Já a morte prematura da Cecília na trama levantou rumores de que teria sido ocasionada pela não aceitação do público ao romance entre duas mulheres, o que foi negado pelo autor. Especialista em Economia Criativa, a última aparição da atriz na TV Globo foi em 1992.

Lídia Brondi

No ar em duas reprises do Canal Viva, “Baila Comigo” (1981) e “Vale Tudo” (1988), Lídia Brondi é uma das atrizes mais queridas da televisão brasileira. Deixou de atuar em 1991 e desde então optou por viver no anonimato. Até hoje, muitos fãs torcem para que a esposa do ator Cássio Gabus Mendes, com quem fez par romântico na trama, retome a carreira de atriz. No entanto, isso não parece fazer mais parte dos seus planos. Formada em Psicologia, a intérprete da Jornalista Solange trocou os estúdios e palcos pelo consultório médico.

Pedro Paulo Rangel

Na trama de Gilberto Braga ele era o Audálio, irmão de Aldeide Candeias (Lília Cabaral). Conhecido também pelo apelido de Poliana, foi ele quem ajudou Raquel (Regina Duarte) quando a ex-guia turística chegou no Rio de Janeiro atrás da filha Maria de Fátima (Glória Pires). Tornou-se sócio dela na empresa de fornecimento de alimentos Paladar. Seu trabalho mais recente na TV Globo foi em 2017, quando participou da série “Prata da Casa”.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!