Reportar erro
Segundo Sol

Beto fica cara a cara com Remy: "Eu sabia que você tava vivo, desgraçado"

O cerco fechou em "Segundo Sol"

Beto, Karola e Remy
Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 30/10/2018 às 10:26:04

Foragida da polícia, Laureta (Adriana Esteves) planejava ir para bem longe com Remy (Vladimir Brichta) contando com o dinheiro roubado de Karola (Deborah Secco). Mas a dupla acaba perdendo tudo quando Dulce (Renata Sorrah) queima toda grana que estava escondida em um vagão de trem próximo a sua casa, sequência que foi ao ar no fim do capítulo desta segunda-feira (29) de "Segundo Sol".

Já nesta terça (30), com a desculpa de conseguir mais dinheiro, Remy vai atrás de Karola em Salvador e fica cara a cara com Beto Falcão (Emílio Dantas).

Ao ver Dulce tacando fogo na grana, a dupla só consegue salvar uma parte pequena e fica desesperada. “O que a gente vai fazer agora? Com esse dinheiro aí a gente não vai longe”, quer saber Remy. “Melhor do que nada. Essa mixaria dá pra viver um tempo, mas logo depois vamos precisar de mais. O que você quer que eu diga? A gente fica morando aqui, na linha do trem... Vamos arrumar um trabalho... Amarrar louro, que tal? Dá pra tirar quanto por mês, cem reais? Com sorte um dia esse chiqueiro desaba e a gente morre, olha que livramento!”, debocha Laureta.

Mas Remy tem outra ideia. “Só Karola pode salvar a gente, ela ainda deve ter alguma joia, pode pedir um dinheiro pra Beto, pra Valentim... Eu vou falar com ela”, decide. Mas Laureta vai contra os planos do irmão. “Você não vai a lugar nenhum, não vai fazer nada!”, diz a vilã. “Tá achando que manda em mim, Laureta?”, retruca o malandro. A cafetina recua, mas acaba enganando o irmão. “Não, só tô querendo pensar... Me deixe pensar... Tem uma pinga da velha doida no armário debaixo da pia da cozinha, pega pra gente tomar um trago, já que não tem um uísque nessa joça...”, diz.

Enquanto Remy se distrai, Laureta pega a moto e deixa ele frustrado. O malandro ainda tenta conseguir dinheiro com Dulce para pegar um táxi, mas ela só tem notas antigas e sem valor escondidas em uma gaveta. No meio da conversa, a velha maluca confunde o enteado com Nestor (Francisco Cuoco) e atira nele. Remy é obrigado a fugir no meio de uma tempestade e dorme dentro de um vagão de trem.

No dia seguinte, Remy anda até um posto de gasolina e pega carona com um caminhoneiro para Salvador. Quando chega ao prédio de Karola, ele vê que Beto e Valentim (Danilo Mesquita) estão vigiando o local. Sem se abater, ele dá um jeito de entrar sem ser visto. “A gente tem que ir embora daqui rápido, babycat”, diz. “Por quê? Que foi?”, diz Karola sem entender bem o que está acontecendo. “Beto e Valentim tão lá embaixo, eu tenho que fugir de Salvador logo... Acorda, Karola, se liga! Se eles me pegam aqui, a marisqueira tá livre, pega aí meia dúzia de roupa, o que você tiver de valor e borimbora”, diz impaciente.

Mas Karola não quer sair de seu ‘acampamento’ montado no meio da sala. “Agora é sério, Karola, você já perdeu Beto, Valentim, já perdeu todo seu dinheiro, reputação, tudo! Se me pegarem você me perde também. É fim de linha. Você vem comigo ou não?!?”, diz Remy, que depois de muita discussão decide subir para procurar as joias e pegar roupas para a amada.

É nesse momento que Valentim chega ao apartamento e percebe que alguém esteve ali. “Mãe...”, diz, se assustando com o estado de Karola. “Essa sua mãe aqui morreu, Valentim”, diz a mulher. “Não faz assim, olha pra você, você não pode continuar desse jeito, acampada nessa sala... sem comer direito”, se preocupa o jovem. Karola continua insistindo que o ‘filho’ não deveria estar ali e acaba deixando escapar que sabe que Beto está no carro esperando ele. “Como é que você sabe que meu pai tá lá embaixo?”, pergunta.

Karola dá uma desculpa, mas o jovem fica desconfiado, principalmente porque a ‘mãe’ faz de tudo para ele sair do apartamento. Depois que Valentim sai, Remy tenta vestir a amada para que os dois deixem o apartamento, mas não dará tempo.

No carro, o jovem fala para o pai que tem algo estranho acontecendo. “Pai, alguém entrou lá em casa, minha mãe sabia que você tava aqui embaixo. Ela soltou sem querer... E me expulsou de lá. É tio Remy. Eu tenho certeza que tio Remy tá lá com ela”, diz.

Beto, então, sobe no apartamento e dá de cara com o irmão. “Eu sabia que você tava vivo, Remy... desgraçado!”, brada.

TAGS:
Mais Notícias