Gato e rato

"Segundo Sol": Roberval fica pobre novamente e promete se vingar de Laureta

Filho de Zefa terá os bens bloqueados depois de ser acusado de contrabando

Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo

Publicado em 15/09/2018 às 18:56:43

Por: Fabrício Falcheti

A vida de Roberval (Fabrício Boliveira) vai ficar cada vez mais difícil nos próximos capítulos de "Segundo Sol". Acusado de contrabandear pedras preciosas, o empresário terá os bens bloqueados e vai se desesperar com a notícia. Quem dá a informação é o advogado do filho de Zefa (Claudia Di Moura), quando vai visitá-lo na prisão.

A sequência tem previsão para ir ao ar no dia 8 de outubro.

Feliz em ver o advogado, Roberval quer saber como está o seu processo. “E ae, doutor? Boas notícias? Conseguiu o habeas corpus?”, pergunta. “Eu tenho uma boa e uma má notícia... Quer que eu comece pela boa?”, diz o homem. “Eu quero que você deixe de gracinha e fale logo!”, brada o réu, impaciente. “Eu consegui o habeas corpus, você já vai sair daqui amanhã...”, conta.

Antes de comemorar, Roberval pede a má notícia. “Bem, é que... A justiça determinou que seus bens estão indisponíveis”, avisa o advogado. “Como assim?”, pergunta o cliente em choque. “Seus bens tão bloqueados, Roberval!”, explica o advogado. “Tá, mas o que que isso quer dizer? Que eu perdi tudo?”, se desespera. “Não exatamente... Mas, no momento, você não tem nada! Você está pobre, Roberval!”, avisa.

Incrédulo, o empresário tenta entender qual a sua atual situação. “Cê tá me dizendo, então, que as propriedades, as contas bancárias, os fundos de investimento, as empresas... Tá tudo congelado...”, diz. “Você não pode movimentar um centavo!”, completa o advogado. “Mas eu não fiz nada de errado! Eu não encostei nesses diamantes, eu nunca vi esses diamantes! Você sabe! Você sabe que eu sou inocente!!!”, afirma.

O advogado explica a situação. “O que a Justiça sabe é que os diamantes contrabandeados foram apreendidos na sua casa, num cofre dentro do seu quarto! Você foi preso em flagrante, Roberval! Pensa que você vai estar livre amanhã”, diz o advogado, tentando animar o cliente.

“Liberdade sem dinheiro? Quer prisão maior do que essa? Pra mim é pior do que a morte!”, lamenta Roberval. “Você vai responder a um processo, em liberdade, a gente pode provar sua inocência”, lembra. “Tudo obra do safado do doutor Athayde (Odilon Wagner) e da pilantra da Laureta (Adriana Esteves)! Ah, mas eles vão me pagar! Eu vou sair daqui disposto a tudo pra dar o troco nesses dois!”, promete.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!