Ausência de negros em "Segundo Sol" motiva movimento com mais de 26 mil curtidas

Emílio Dantas, Giovanna Antonelli e Deborah Secco em "Segundo Sol" - Divulgação/Globo

Publicado em 29/04/2018 às 17:54:40 ,
atualizado em 30/04/2018 às 10:00:51

Por: Redação NT

Ainda que sequer tenha estreado, "Segundo Sol" já está causando polêmica nas redes sociais por conta da ausência de negros em seu elenco.

Neste sábado (28), a atriz Samara Felippo, atualmente na Record TV, publicou um post levantando a mesma questão e a página Trick Tudo, no Facebook, lançou na sexta (27) movimento "Eu poderia estar na novela O Segundo Sol" nomeando mais de 50 atores negros que poderiam estar produção e não estão.  Em menos de três dias, mais de 25 mil pessoas curtiram a publicação.

Em meio ao texto publicado, destaca-se o seguinte trecho: "Se no mundo de alguns, os atores negros se resumem aos maravilhosos Lazaro Ramos e Taís Araújo. Tá ai, alguns outros atores também talentosos que poderiam ter sidos escalados para Segundo Sol! Agora se você não vê problema na escalação de uma novela que retrata um estado com 80% da população negra e a escalação tem 80% de brancos. Ai o problema é totalmente seu: Se vire com seu preconceito!".

Ainda na mensagem, questiona-se a ausência de nomes que com frequência estão nas novelas da Globo - ainda que não necessariamente ambientadas no Nordeste, mas que ficaram de fora: "Poderiam ter escalado além de atores negros, atores baianos como Emanuelle Araújo por exemplo - Que por acaso tem talento de sobra e um perfil mais próximo de Giovanna (se essa for a desculpa), mas diferente de Gio, não está com a imagem saturada".

Entre os 53 nomes sugeridos, estão Aílton Graça, Camila Pitanga, Sérgio Menezes, Milton Gonçalves, Lucy Alves, Adriana Lessa, Isabel Fillardis, Jessica Ellen, Sérgio Malheiros, Marcelo Mello Jr, Luís Miranda, Rocco Pitanga, Telma Souza, Heslaine Vieira, entre outros.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade