"O Outro Lado do Paraíso": Patrick mata Renato com um tiro no pescoço; saiba como será

Divulgação

Publicado em 14/04/2018 às 12:17:52

Por: Diego Falcão

Em "O Outro Lado do Paraíso", Renato (Rafael Cardoso) vai ser assassinado por Patrick (Thiago Fragoso). A cena vai ao ar na reta final da trama de Walcyr Carrasco.

Tudo começa quando Renato (Rafael Cardoso) sequestrar Tomaz. Ele pede o resgate para Clara (Bianca Bin). Sem conseguir o dinheiro no prazo pedido pelo médico, Clara resolve armar um plano com Gael (Sergio Guizé).

Clara combina um ponto de encontro com Renato e diz que Gael vai entrar as barras de ouro pedidas por ele. Bruno (Caio Paduan) aceita participar do plano.

Ainda na cena, Gael avisa que chegou a hora e vai levar uma cópia da chave do seu carro: "Óbvio que ele vai pedir a chave do meu carro. Eu entrego. Mas depois vou atrás".

Clara: "Eu vou no carro com o Patrick (Thiago Fragoso), atrás da viatura". Bruno também avisa que vai com Gael e armado. O grupo vai ter acesso à localização por usar o celular de Clara durante o trajeto.

No lugar marcado com Renato, Gael entrega dois baús pesados, que estão repletos de placas de metal, com apenas duas fileiras de barras de ouro, para que o vilão não desconfie.

Renato vai embora sem devolver Tomaz e avisa que depois dará instruções. Gael entrega as chaves do carro e e espera Renato se afastar um pouco. Logo depois ele comea a segui-lo com os faróis apagados.

Ele chega à casa de Juvenal (Anderson Di Rizzi) e invade o local. "Resolveu bancar o valente, Gael?", questiona Renato. Gael diz que quer o filho de volta.

Renato: "Tenta pegar". O médico atinge Gael na barriga. Clara, Patrick e Bruno aparecem e o delegado rende o vilão.

Eles olham Gael estirado no chão, cheio de sangue e correm para ajudá-lo. Renato aproveita a distração e pega a arma do rival no chão. Ele rende Clara.

"Abaixem as armas. Ou eu mato a Clara", diz Renato. Um policial tenta atirar, mas acaba morto por Renato. Patrick, que está armado, saca a arma e atira no pescoço de Renato.

Em seguida ele abaixa e diz para Renato: " Eu vou sair livre. Foi legítima defesa. Mas você mereceu. Você matou minha tia Beatriz (Nathalia Timberg)".

Logo depois, Renato morre. 



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade