Arte imitaria a vida

Como na ficção, Gloria Pires diz que assumiria culpa por crime de filha


ooutroladodoparaiso-gloriapires_c71fa8018791095cc0cc68ee19a2f87a8b44b868.jpeg
Divulgação/TV Globo

Na ficção, a personagem de Gloria Pires em "O Outro Lado do Paraíso" assumiu um crime que não cometeu para inocentar a filha.

No folhetim, ela assumiu a autoria do assassinato de Laerte (Raphael Vianna) e livrou Clara (Bianca Bin).

Questionada pelo jornal Extra se faria igual, ela é direta: "Acho que eu faria isso. Mãe está sempre se colocando na frente dos filhos. Nada mais bonito na dramaturgia do que isso que prende as pessoas, emociona...".

"Mesmo quando é triste, trágico, a dramaturgia é bela", opina ela, que vem gostando rumo de sua personagem.

Sobre o encontro de Duda e Adriana (Julia Dalavia), ela afirma: "Elas estavam se encontrando, mas não sabia que era filha. Isso vai acontecer de maneira espantosa. A novela está com tantas reviravoltas, tramas bem radicais. Nunca tive essa experiência num único trabalho. É maravilhoso".

"Adoro sair da zona de conforto, ter um desafio. Aos 54 anos, poder fazer algo realmente novo em novela, comparado com o que eu faço há tantos anos, é um presentaço", completou.

Mais Notícias