Candidato

"A Vida Invisível" vai representar o Brasil na corrida pelo Oscar 2020

Filme concorrerá na categoria "Melhor Filme Internacional"

Cena do filme "A Vida Invisível" - Foto: Reprodução/Internet

Publicado em 27/08/2019 às 14:55:00

Por: Redação NT

O Brasil já tem seu representante que disputará uma vaga no Oscar 2020 de “Melhor Filme Internacional” no ano que vem. “A Vida Invisível”, vencedor da Mostra Paralela de Cannes, foi escolhido para lutar por uma vaga entre os finalistas do principal prêmio de longa-metragem do mundo. "Bacurau" ficou de fora.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (27) pela Comissão Especial de Seleção. A produção é de Eurídice Gusmão e conseguiu vencer outros 11 filmes que estavam na disputa, batendo o favorito “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, vencedor do Festival de Cannes na categoria “Prêmio Júri”.

Karim Aïnouz dirigiu o longa que mostra o excelente relacionamento entre Guida (Julia Stockler) e Eurídice (Carol Duarte), que são duas irmãs. A segunda é uma excelente pianista e tem o forte desejo de morar na Europa. Já a outra é romântica e sonha em ter um marido para construir uma família.

Contudo, de repente, as duas são separadas e têm como objetivo de vida poderem se ver novamente. No meio de toda essa confusão, elas ainda passarão pelos problemas da época, como o forte machismo.

O roteiro adaptou o livro homônimo de Martha Batalha. O elenco é recheado de nomes importantes da TV e cinema, como Gregório Duvivier, Flávia Gusmão, Flavio Bauraqui, Maria Manoella, Bárbara Santos e Fernanda Montenegro, principal estrela da produção.

Os indicados serão revelados apenas em 13 de janeiro de 2020 e a premiação ocorrerá em 9 de fevereiro do mesmo ano. Vale ressaltar que cineastas, atores e produtores estão criticando o governo de Jair Bolsonaro, pedindo maior respeito ao audiovisual brasileiro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!