Polêmica

Terry Crews foi cortado de "Os Mercenários 4" por denunciar casos de assédio sexual

Divulgação

Publicado em 28/06/2018 às 21:16:13

Por: Taty Bruzzi

Durante seu depoimento no Senado dos Estados Unidos esta semana, Terry Crews revelou ter sido cortado do filme “Os Mercenários 4” depois que acusou Adam Venit de assédio.

O ator é uma das três testemunhas de processo contra abuso sexual que envolve o nome do agente.

Ao ser perguntado pela Senadora Amy Klobuchar se tem um papel no filme, Terry Crews foi enfático: "Não! Simplesmente porque este mesmo produtor está sob sua própria investigação. Abusadores protegem abusadores – e isso foi algo que eu tive que decidir, onde eu tive que traçar uma linha. Eu vou ser parte disso ou vou protestar? Então, há alguns projetos que eu tive que recusar”.

Em entrevista ao Deadline, o ator confirmou que Avi Lerner, produtor da franquia “Os Mercenários”, foi quem fez as ameaças.

Assédio aconteceu durante uma festa

No ano passado, o astro disse que Adam Venit passou a mão em suas partes íntimas durante a festa de final de ano de 2016.

Porém, segundo a legislação dos EUA, o crime já havia prescrito. Então, um processo civil contra o empresário e sua agência, a WME, foi aberto.

O produtor Avi Lerner também foi acusado de assédio, só que por uma funcionária da Millennium Films.

No processo consta ainda discriminação de gênero e a criação de um ambiente de trabalho hostil. Ele alegou que as acusações são mentirosas.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!