Reportar erro
Explosão de assinantes

Coronavírus pode fazer Disney+ atingir 202 milhões de assinantes, diz estudo

Disney+ foi lançado há seis meses, mas números impressionam

Logo do Disney+
Disney+ chega ao Brasil em novembro
Redação NT

Publicado em 11/05/2020 às 11:22:20

Segmento em plena ascensão com mais pessoas em casa confinadas, o streaming tem inúmeras opções e a recém-lançada Disney+ é uma delas. No ar desde novembro do ano passado, a Disney+ está recebendo uma "grande ajuda" da Covid-19, o novo coronavírus, e pode atingir 202 milhões de assinantes globais até 2025.

A projeção foi realizada pela empresa britânica Digital TV Research. A perspectiva está muito acima da feita anteriormente, que calculava cerca de 126 milhões em torno de cinco anos.

"Revisamos completamente nossas previsões para 138 países após a pandemia do Covid-19", disse Simon Murray, analista principal da Digital TV Research ao site Deadline.

Netflix segue líder, diz empresa

Ainda que o crescimento da Disney esteja sendo considerável, a Netflix terá, de acordo com a projeção, 258 milhões de assinantes. Já a HBO e Apple TV+, em 2025, teriam 25 milhões e 14 milhões de assinantes, respectivamente.

Na semana passada, a Disney informou ter atingido 54,5 milhões de assinantes no Disney+. A explosão de assinaturas coincidiu com o surgimento do novo coronavírus. A Netflix também teve altos ganhos [16 milhões de assinantes] no último trimestre.

A previsão é que o Disney+ chegue ao Brasil no final do ano, em novembro. Até lá, grande parte do conteúdo do estúdio vem sendo exibido com exclusividade pelo Prime Video, da Amazon.

Mais Notícias