Emergente

Por que a Netflix está investindo US$ 420 milhões em dois anos na Índia?

Índia é um país que terá investimentos milionários da Netflix

Por que a Netflix está investindo US$ 420 milhões em dois anos na Índia?
Reed Hastings vê na Índia um mercado promissor -

Publicado em 07/12/2019 às 10:59:27

Por: Thiago Forato

A Netflix continua apostando fortemente na Índia, um dos maiores mercados de entretenimento do mundo, onde compete com mais de três dezenas de rivais, incluindo a Disney.

O CEO do streaming, Reed Hastings, disse nessa sexta-feira (6) que está a caminho de investir 30 bilhões de rúpias indianas, o equivalente a pouco mais de 420 milhões de dólares (em reais, esse valor supera 1,7 bilhão na cotação atual) nos próximos dois anos.

A empresa entrou na Índia como parte de sua expansão global para mais de 200 países em 2016 e produziu mais de duas dúzias de programas e filmes por lá, além de firmar inúmeras parcerias locais.

Por que tanto investimento na Índia?

Além de ser o segundo mais populoso do mundo, com cerca de 1,3 bilhão de pessoas estimadas, a Índia é um mercado emergente em plena ascensão no mundo.

Cerca de metade da população já está online e o mercado de vídeos sob demanda do país deve crescer para US$ 5 bilhões nos próximos quatro anos, segundo a empresa Boston Consulting Group.

Apesar disso, a possibilidade da maioria de pagar por um serviço de assinatura permanece baixa. A maioria dos serviços on-demand da Índia gera grande parte de sua receita com anúncios.

Para ampliar seu alcance na Índia, a Netflix introduziu em 2019 um novo preço mensal, de US$ 2,8, que permite aos usuários assistirem ao serviço com qualidade. A Malásia também faz parte dessa oferta.

No país, a Netflix concorre com mais de três dezenas de serviços e streaming. O principal é o Hotstar da Disney, que inclui canais de TV ao vivo, transmissão de eventos esportivos e milhares de filmes e programas.

O serviço conta com mais de 80% dos seus produtos gratuitamente e lucra com anúncios. No plano premium, cobra 999 rúpias indianas, o equivalente a 14 dólares por ano.

Para Hastings, os próximos anos serão "a era de ouro", pois ele acredita que o mercado terá níveis inacreditáveis e inigualáveis de investimentos.

O Disney+, serviço de streaming recém-lançado, estará disponível na Índia no próximo ano através do Hotstar.



Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!