Exclusivo

Com código de ética e conduta, Globo transforma ambiente e é elogiada

Programa de Compliance na Globo foi lançado em 2015

Com código de ética e conduta, Globo transforma ambiente e é elogiada
Divulgação/Globo

Publicado em 09/09/2019 às 04:44:35 ,
atualizado em 09/09/2019 às 08:30:51

Por: Sandro Nascimento

As histórias de gritos e palavrões trocados entre diretores e atores ou chefes e subordinados parece que ter ficado no passado da Globo. Lançado em 2015, o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo vem sendo elogiado internamente sobre seu efeito positivo de ter transformado o clima da emissora, carro-chefe de um dos principais grupos de mídia do mundo.

Sendo uma das grandes conquistas da gestão de Carlos Henrique Schroder,  diretor geral da TV Globo, que assumiu o cargo em 2013, o Código de Ética e Conduta faz parte do programa de Compliance da Globo.

Compliance (vem do verbo em inglês to comply), são regulamentos corporativos que estipulam padrões éticos de seus funcionários. Uma linha mestra que guia o comportamento da empresa no mercado.

Na avaliação de funcionários da emissora, ouvidos pelo NaTelinha, houve uma forte mudança, para melhor, na relação profissional entre contratados da TV Globo. Isso não quer dizer que pressões por resultados não ocorram, algo normal em qualquer empresa corporativa, mas casos de assédio moral são cada vez mais raros.

Para implantar o Código de Ética e Conduta, a TV Globo trocou boa parte dos funcionários do RH, como também antigos chefes de setores. A emissora também apostou em pesquisa de clima, que são avaliações sobre lideranças, trabalho e organização, para medir a satisfação dos funcionários.

Além de melhorar o clima do trabalho, hoje, a estrutura da Globo ganhou uma cara de Google, principalmente onde ficam localizados seus estúdios, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Com a demissão do ator José Mayer, acusado de assédio sexual, do jornalista William Waack, por comentário racista, além da saída de Dony de Nuccio por seus negócios de comunicação, a Globo passou o recado de que nenhum contratado está livre de sofrer sanções por infringir os regulamentos da empresa.

Código de Ética e Conduta do Grupo Globo

O NaTelinha teve acesso ao código de conduta do Grupo Globo. No trecho sobre "relacionamento interpessoal", a empresa pontua: "A contribuição de cada indivíduo para as atividades do Grupo Globo só se dará plenamente e só poderá ser corretamente avaliada quando existir respeito, confiança e dignidade no seu ambiente de trabalho. O respeito ao próximo é uma premissa levada a sério pelas Empresa".

E completa: "Comportamentos abusivos, como assédio moral e sexual ou outras formas de abuso de poder, futuras da área em que atuam. No ambiente de trabalho e na relação entre os Integrantes não é permitida a discriminação com base em características, tais como: raça, sexo, religião, nacionalidade, cor, orientação sexual, idade ou deficiência física. Apoiamos e obedecemos às leis que proíbem a discriminação. bem como ameaças de agressões ou agressões, físicas ou verbais, entre integrantes ou terceiros, não serão tolerados em hipótese alguma. Assim, o Grupo Globo encoraja o reporte de tais atos à área de Recursos Humanos ou à Ouvidoria".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!