Sob nova direção

Disney assume controle total de principal concorrente da Netflix nos EUA

Hulu agora tem total controle da Disney; acordo já passa a valer

Disney assume controle total de principal concorrente da Netflix nos EUA
Serviço por streaming é um dos principais dos EUA e concorre com a Netflix a preferência do público - Foto/Montagem

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 14/05/2019 às 10:55:54 Atualizado em 14/05/2019 às 12:29:19

A Disney e a Comcast anunciaram um acordo na manhã desta terça-feira (14) que dá total controle operacional sobre o Hulu, serviço por streaming que não opera no Brasil, mas é o principal concorrente da Netflix nos Estados Unidos.

Dentro dos próximos cinco anos, a Comcast concordou em vender sua participação no Hulu para a Disney por pelo menos US$ 5,8 bilhões.

Com o acordo, a NBCUniversal continuará a licenciar conteúdo para o Hulu até o final de 2024. No entanto, gradativamente, a partir do próximo ano, vários produtos da empresa deixarão o catálogo, já que ela pretende lançar um serviço de streaming gratuito com anúncios em 2020.

A Comcast/NBCUniversal manterá sua participação de 33% no Hulu, mas em janeiro de 2024, a Comcast poderá exigir que a Disney compre a participação da NBCU no Hulu. Da mesma forma, a Disney pode exigir que a NBCU venda sua participação à Disney por seu valor de mercado à época.

No mês passado, a AT&T vendeu sua participação de 9,5% no Hulu para a Disney e a NBCU por US$ 1,43 bilhão, valorizando o Hulu em US$ 15 bilhões.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!