Reportar erro
Conglomerado

Disney notifica o Cade para conseguir aprovação da fusão com a Fox no Brasil

disney-21fox_9e3e9fe1759d70888c0f1f39ce06f89034b717ed.jpeg
Fotos: Divulgação
Redação NT

Publicado em 27/07/2018 às 12:05:22

Com a compra da Fox pela transação total de US$ 85,1 bilhões, a Disney conseguiu aprovação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e agora busca definir a fusão no Brasil.

Nesta quinta-feira (26), a Walt Disney Company notificou o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), órgão ligado ao Ministério da Justiça que tem como objetivo orientar, fiscalizar, prevenir e apurar abusos do poder econômico.

No documento enviado, a empresa garante que a aquisição da Fox não vai reduzir a competição nem lhe colocará numa posição de monopólio no país.

A Disney disputou a Fox com a Comcast, que após a última oferta, acabou desistindo do negócio, mirando agora na compra da Sky britânica.

Com a aquisição, o conglomerado do Mickey assumirá o estúdio de cinema 20th Century Fox, a distribuidora Fox Searchlight Pictures, a produtora Fox 2000 e uma rede de televisão que inclui o grupo FX e o National Geographic, além de mais de 300 canais internacionais. Também estão inclusas na compra a participação de 30% da Fox no serviço de streaming Hulu e 50% da Endemol Shine.

TAGS:
Mais Notícias