Reportar erro
Protesto

Candidatas ao Miss Bumbum 2021 tiram a roupa a favor da vacina e contra Bolsonaro

Candidatas ao concurso que elege o bumbum mais bonito do Brasil detonaram governo

Deia Cavalheiro e Camila Beck
Deia Cavalheiro e Camila Beck ficam nuas na Avenida Paulista - Fotos: Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/05/2021 às 11:34:02

Candidatas ao Miss Bumbum 2021 decidiram se posicionar a favor da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19). De quebra, também fizeram oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido). A manifestação ocorreu nessa segunda-feira (3), na Avenida Paulista, em São Paulo.

Deia Cavalheiro e Camila Beck, anunciadas por Andresa Urach recentemente na conta do concurso nas redes sociais, protestaram sem roupa e com os corpos pintados, segurando cartazes contra o presidente Bolsonaro. As duas são amigas e estão no Miss Bumbum, que vai premiar o bumbum mais bonito do Brasil com um prêmio no valor de R$ 50 mil. "Foi uma maneira da gente chamar atenção do público e da música relação ao desgoverno atual sobre a vacinação", disseram elas ao NaTelinha.

"O estado de calamidade pública em que estamos vivendo nos impulsionou a querer nos expor, mas dessa maneira não foi fácil. Queríamos realmente buscar a atenção dos veículos informativos para dar mais relevância aos fatos que vem acontecendo", pontuaram elas.

Candidatas ao Miss Bumbum 2021 tiram a roupa a favor da vacina e contra Bolsonaro

Miss Bumbum sob nova direção

Desde fevereiro, o concurso que alçou Andressa Urach à fama tem exatamente a modelo como sócia. E também garota propaganda. Urach foi vice-campeã em 2012.

Fora da igreja, ela vinha fazendo procedimentos estéticos avisando que encararia um dos maiores projetos de sua carreira. "Sou feliz com meu corpo, mas a medicina foi feita para ajudar nossa autoestima", disse ela no início do mês de fevereiro.

 

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos