Musa do Carnaval

Solange Gomes diz que novas rainhas de baterias estão "robotizadas"

Na sua opinião, Aline Oliveira é um destaque da nova geração do samba

Solange Gomes diz que novas rainhas de baterias estão
Fotos: Léo Cordeiro

Publicado em 21/02/2020 às 06:05:24

Por: Redação NT

Para Solange Gomes, 45, eterna musa da Banheira do Gugu e do Carnaval, a nova geração das rainhas de bateria das escolas de samba estão muito "robotizadas". A carioca, que emagreceu 18 kg em cinco meses após superar uma crise de ansiedade, destaca que Aline Oliveira, da agremiação paulista Mocidade Alegre, é um diferencial entre as novatas.

"Todas as rainhas sambam, cada uma do seu jeito. Percebi que algumas estão muito robotizadas, parece que fizeram aula com o mesmo professor, e os trejeitos com braços e pernas iguais, algumas parecem estar fotografando para um ensaio sensual à frente da bateria", explica Solange Gomes, em conversa exclusiva com o NaTelinha.

A beldade que foi símbolo sexual nos anos 90 tem experiência de 25 anos dedicados ao Carnaval. Neste período, foi musa e rainha de bateria de diversas escolas, dentre elas a Porto da Pedra, do Rio de Janeiro.

Solange Gomes aponta destaques como rainha de bateria

Porém, Solange Gomes não apenas critica as novas musas das escolas, ela destaca nomes que tem o samba no pé e vem honrando o posto mais cobiçado entre as mulheres nas agremiações.

"Aline Oliveira, de São Paulo (Mocidade Alegre), é uma rainha inovadora. Ela samba com leveza e um diferencial só dela, esquece as poses fotográficas e investe em passos flutuantes que hipnotizam. No Rio de Janeiro gosto da Evelyn Bastos (Mangueira), Raíssa de Oliveira (Beija-Flor) e Gracyanne Barbosa (União da Ilha), apesar do corpo fitness, ela imprime leveza e graça na hora da apresentação", justifica.

Na agenda de Carnaval de Solange não terá participação nos desfiles dos sambódromos do Rio e São Paulo, mas a musa não ficará longe das escolas de samba. Ela vai assistir aos desfiles com sua filha Stephanie, de 20 anos e estudante de biomedicina, num camarote carioca.

Nos últimos cinco meses, Solange Gomes perdeu 18 kg mudando a alimentação, hábitos sociais e superando uma crise de ansiedade. Hoje ela está com 69 kg e tem a meta de perder mais quatro.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!