Disse 'não'

Felipe Neto recusou prêmio para não ser associado a Dallagnol e Dória

Influenciador teria declinado após ser eleito um dos brasileiros do ano pela IstoÉ

Felipe Neto recusou prêmio para não ser associado a Dallagnol e Dória
Felipe Neto teria se recusado a ser associado a jurista e político (Fotos: Instagram/Reprodução)

Publicado em 30/11/2019 às 14:50:00 ,
atualizado em 30/11/2019 às 14:51:21

Por: Redação NT

O influenciador digital Felipe Neto afirmou neste sábado (30) que foi eleito um dos brasileiros do ano pela revista IstoÉ, mas recusou o reconhecimento. O motivo seria o fato de ter que figurar ao lado do governador de São Paulo, João Dória, e do jurista Deltan Dallagnol, que integrou a força-tarefa da Operação Lava-Jato.

Os "Brasileiros do Ano", segundo a IstoÉ, foram divulgados na última sexta-feira (29). Felipe Neto disse, em seu perfil no Twitter, que declinou o prêmio após pedir a relação com os demais vencedores.

Além de Dória e Deltan, a lista inclui o cantor Luan Santana, as atrizes Marina Ruy Barbosa e Paolla Oliveira, o apresentador Jô Soares e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

"Eu seria um dos premiados. Resolvi recusar quando pedi a lista de vencedores. Todo amor a Luan, Marina, Jô e Paolla, acho que nem sabiam. Não dá mais pra bater palma pra falta de representatividade do que é o Brasil de fato. E me recuso a compactuar com quem premia Deltan e Doria", postou Felipe.

"Espero que a IstoÉ use esse erro colossal para melhorar e evoluir. Todos nós cometemos erros, o importante é reconhecer e assumir o compromisso de aprender com eles. Todo o trabalho da revista não será cancelado por isso, mas é preciso refletir bastante", assinalou o youtuber.

Felipe Neto em 2019

O nome do digital influencer nunca esteve tão em alta quanto em 2019. Em setembro, ele combateu a censura na Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Após a determinação do prefeito Marcelo Crivella de apreensão de HQs que continham a representação de um beijo gay, Felipe Neto comprou cerca de 14 mil exemplares para distribuição no evento.

Por conta da atitude, se viu no epicentro de uma grande polêmica e chegou a ser ameaçado de morte. Ele também se tornou um dos principais nomes da mídia na oposição ao presidente Jair Bolsonaro.

Recentemente, Felipe Neto distribuiu cerca de R$ 34 mil entre seus seguidores. Ainda neste ano, ele lançou dois livros: O Mundo Segundo Felipe Neto: Verdades Hilárias da Vida e Felipe Neto: Acredite se Puder.



Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!