Preconceito

Fã diz que Ludmilla sofre racismo e cantora concorda: "Jamais irão me calar"

Cantora se manifestou sobre o assunto


Ludmilla
Ludmilla se posicionou sobre tuíte - Foto: Reprodução

Ludmilla afirmou em suas redes sociais que foi vítima de racismo. A funkeira compartilhou nesta quinta-feira (31) uma postagem que aponta perseguição e concluiu que trata-se de preconceito racial. 

“Ludmilla não pode comemorar a Ivete cantando SUA composição. Ludmilla não pode comemorar SEUS prêmios. Ludmilla não pode comemorar seus feitos. Ludmilla não pode isso, não pode aquilo... Que m**** de sociedade racista que o tempo todo tenta calar a voz do negro em qualquer situação”, publicou o perfil @itsmauksj.

A cantora do hit Favela Chegou retuítou a postagem e afirmou aos seus seguidores que não iria abaixar a cabeça, continuando sua trajetória. “Só li verdades, porém jamais irão me calar”, declarou.

Ludmilla viveu momentos intensos nesta semana. Ela foi um dos destaques do Prêmio Multishow 2019, recebendo os prêmios de Cantora do Ano e Música Chiclete do Ano com Onda Diferente. Quando subiu no palco, a artista acabou sendo vaiada por fãs de Anitta.

O fato aconteceu porque a canção contou com a colaboração de Anitta e Snoop Dog, mas Lud não agradeceu a colega de profissão, o que irritou os admiradores da filha do Painitto.

Ludmilla x Anitta

Não é a primeira vez que Ludmilla e os fãs de Anitta se estranham. No Rock in Rio, a cantora comemorou que Ivete Sangalo cantou Onda Diferente no principal palco do evento musical.

“Que alegria ver o rock in rio todo cantando minha composição”, escreveu a funkeira. Muitos seguidores apontaram que a letra não era apenas dela, mas também de Anitta, o que gerou toda uma confusão.

Ludmilla se mostrou surpresa ao perceber que o nome de Anitta também estava constando no registro da música em cartório.

Fã diz que Ludmilla sofre racismo e cantora concorda: \"Jamais irão me calar\"

Lud afirma que ela fez sozinha a letra e que a inclusão do nome da outra não fazia parte do combinado.

Já Anitta garante que tudo o que foi feito já tinha sido acordado entre as partes envolvidas, e que o nome dela foi incluído no registro por uma insistência da sua gravadora.

Ludmilla deu a entender que poderá perdoar Anitta, mas deixou claro que não serão mais amigas, segundo informações da jornalista Fabíola Reipert.

"Eu até perdoo, só não quero mais por perto, não quero mais estar em contato. É isso. Vai cada um para o seu canto e já era", disparou.

É bom destacar que Ludmilla não é o primeiro desafeto de Anitta. A artista já brigou com Pabllo Vittar, Simaria, Leo Dias e Iggy Azalea são apenas alguns exemplos.

Mais Notícias
Outros Famosos