URGENTE
Orgulho

Lilia Cabral chora ao falar da atuação da filha Giulia Bertolli em Malhação

"Tento me controlar, não babar ovo, apesar que ela arrasa", disse a veterana

Lilia Cabral chora ao falar da atuação da filha Giulia Bertolli em Malhação
Globo/Reprodução

Publicado em 20/10/2019 às 16:30:00 ,
atualizado em 20/10/2019 às 16:51:46

Por: Redação NT

Lilia Cabral se emocionou ao falar do orgulho que sente da filha Giulia Bertolli em participação no Altas Horas do último sábado (19). Ela disse que precisa se controlar para não babar o ovo da jovem atriz, no ar em Malhação: Toda Forma de Amar. Na trama, ela vive Meg, uma artista de dança contemporânea que se descobre grávida, mas não sabe quem é o pai.

No programa comandado por Serginho Groisman, Lilia Cabral reviu momentos da filha na TV. Sua primeira aparição foi logo bebê, em 1996, em uma reportagem ao lado da mãe. A veterana também se emocionou ao relembrar a participação de Giulia Bertolli ao seu lado no Altas Horas, em 2017.

"Minha família é muito pequena, então depositei na minha filha a necessidade de transbordar esse amor. Temos que tomar muito cuidado para não sufocar", relatou Lilia.

A atriz também falou sobre o sentimento de ver a filha seguir a mesma profissão que ela. "É um orgulho que não é só meu. É o orgulho de toda mãe. Toda mãe quer ver o filho assim: errando, acertando... Mas ela quer vir e acertar. A mãe de todos vocês aqui devem estar orgulhosas de vocês pensarem no futuro, no que vocês querem ser."

"Ver a minha filha nessa trajetória dá uma emoção muito grande. Tento me controlar, não babar ovo, apesar que ela arrasa. Ela tem feito muito bonitinho", acrescentou Lilia sobre a atuação de Giulia.

Lilia Cabral dá dicas a jovens atores

Divulgando a estreia do seu próximo filme, Maria do Caritó, que chega aos cinemas em 31 de outubro, Lilia Cabral orientou uma jovem da plateia que pediu dicas para quem pretende seguir na profissão de ator.

"Tinha tanta vontade de ser atriz, tanta loucura por essa profissão, que todos os obstáculos eram uma vontade de vencer e eu não pensava na derrota", relembrou.

"Se você sentir que tem a vocação, você tem que entender que as dificuldades fazem a gente crescer. O sucesso passa. A gente só cresce mesmo e finca nossos pés nos nossos fracassos. Enfrente, se fruste. Se é isso que você quer mesmo, você vai se dar bem", aconselhou Lilia.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!