Na Justiça

Filho perde direito sobre fortuna de Betty Lago e ele pode acabar condenado por suposto crime

Bernardo queria a presença da irmã, Patrícia

Filho perde direito sobre fortuna de Betty Lago e ele pode acabar condenado por suposto crime
Betty Lago - Foto: Reprodução

Publicado em 10/09/2019 às 18:28:33 ,
atualizado em 10/09/2019 às 18:41:32

Por: Redação NT

Betty Lago faleceu em setembro de 2015, e recentemente, o seu nome foi envolvido em um possível escândalo entre seus dois filhos. A famosa teria sido manipulada para assinar o testamento.

Segundo informações do jornalista Alessandro Lo-bianco, no programa "A Tarde É Sua" desta terça-feira (10), na RedeTV!, novos desdobramentos aconteceram em torno desse caso na última segunda  (09), onde Bernardo, filho da atriz, foi intimado para uma audiência e foi ouvido, além de testemunhas, pela juíza responsável, Dra. Gracia Cristina Moreira do Rosário.

Patrícia, a outra filha de Betty, que está nos Estados Unidos, não compareceu e foi representada pela sua advogada. A defesa pediu a presença dela para também falar sobre o ocorrido de forma presencial, mas o Ministério Público pediu a juíza para não aceitar pois já era suficiente tudo o que a irmã tinha enviado, mas não aceitou o pedido.

Juíza decide que filho de Betty Lago não tem mais direito sobre fortuna da atriz

Em relação ao inventário, a juíza então tirou Bernardo como responsável, após a perda dos imóveis por dívida.

O filho também é investigado por captação dolosa, com crime de supostamente fraudar a assinatura da própria mãe.

A responsável pelo caso resolveu não dar a sentença hoje, pedindo então para que os advogados apresentem alegações finais por escrito sobre a questão, e com isso, a decisão será dada em prazo aproximado de 15 dias.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!