Sem paciência

Carla Vilhena é atrapalhada por baile funk e detona: "É o Kamasutra sem sutileza"

Jornalista foi impedida de dormir por causa do alto barulho

Carla Vilhena é atrapalhada por baile funk e detona:
Carla Vilhena reclamou de baile funk - Foto: Reprodução

Publicado em 24/06/2019 às 11:00:53 ,
atualizado em 24/06/2019 às 11:13:44

Por: Naian Lucas

Carla Vilhena é conhecida pelo seu profissionalismo e carisma na frente das câmeras, principalmente por estar quase sempre sorrindo. Porém, na madrugada desta segunda-feira (24), ela usou sua conta pessoal do Twitter para reclamar de uma situação desagradável.

De acordo com as afirmações da jornalista, estava ocorrendo um baile funk perto do seu prédio, atrapalhando os moradores de dormirem. Sem paciência, ela compartilhou o momento com seus seguidores.

“Inferno nos ouvidos, baile funk a todo volume. E quem tem que acordar cedo?”, disparou. Ela lamentou o fato dos envolvidos na festa não se preocuparem com os cidadãos que vivem ao redor.

“Bem, pra que se preocupar com os trabalhadores, o bom mesmo é a tal ‘manifestação cultural’, que é como essa porcaria é chamada pelos pseudointelectuais”, acrescentou irritada.

Internautas se manifestaram, alguns favoráveis e outros contra Carla, entretanto, ela resolveu responder. “Querido tuiteiro, esta é a única frase da porcaria que está tocando que consigo reproduzir aqui, sem ser banida do Twitter (espero): ‘Já comi a filha, agora vou comer a mãe ‘”, escreveu.

Ela chamou as músicas tocadas no baile de ruins e pornográficas. “Agora é só pornografia do mais baixo calão tocando em meio à comunidade de maioria honesta que tenta dormir e gostaria de salvar os filhos dessa nojeira”, detonou. “O funk de podridão estimula um comportamento tão baixo dos jovens, que muitos só conseguem fazer aquilo sob efeito de drogas. Rap conscientiza, funk aliena. Por isso o tráfico baniu o rap”, continuou.

Porém, apesar das críticas, ela fez questão de explicar aos seus seguidores que não é contra o funk, mas detesta o funk “proibidão”, que preza por letras voltadas ao universo do sexo. “Funk raiz não é isso que estava tocando na minha janela. Isso é o Kamasutra sem sutileza. E sem qualidade musical nenhuma”.

Confira os tweets da jornalista abaixo:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!