Reportar erro
Rei do Pop

Michael Jackson foi alvo do FBI nos anos 80 por abuso sexual de duas crianças mexicanas

 Michael Jackson foi alvo do FBI nos anos 80 por abuso sexual de duas crianças mexicanas
Michael Jackson - Reprodução

Taty Bruzzi

Publicado em 10/03/2019 às 16:44:00

Nunca se falou tanto em Michael Jackson quanto agora. Mesmo morto, o astro continua sendo alvo de denúncias de abuso sexual contra crianças.

 Primeiro, foi o caso de dois meninos, hoje já adultos, divulgado no documentário “Leaving Neverland”, lançado em Janeiro.

 Agora, segundo o jornal britânico “Daily Mail”, o cantor foi investigado pelo FBI nos anos 80 por suspeita de molestar dois meninos mexicanos.

Uma fonte do tablóide diz ter tido acesso a documentos oficiais da Polícia Federal dos Estados Unidos.  A denúncia teria sido feita pelo Departamento de Exploração Sexual de Crianças de Los Angeles.

 Entretanto, de acordo com a fonte, as investigações foram interrompidas depois do anúncio de que o artista seria homenageado por Ronald Reagan.

 O encontro entre o rei do pop e o então presidente dos Estados Unidos aconteceu em maio de 1984, na Casa Branca.

 Na ocasião, o músico recebeu das mãos do Presidente e da primeira-dama, Nancy Reagan, uma placa do prêmio Presidential Public Safety Award.

 A homenagem foi um reconhecimento pela decisão do astro de liberar os direitos da música “Beat It” para campanha alertando sobre o risco de dirigir sob efeito do álcool.

 O informante da publicação britânica garante que havia um agente especial do FBI responsável pelo caso.

 “Mas as alegações foram desacreditadas por causa da homenagem recebida por Jackson na Casa Branca”, explica.

 Ainda, segundo o contato do jornal, uma das dificuldades do investigador foi conseguir o testemunho da criança que fez a primeira acusação.

 Depois que Michael Jackson pagou à família do menino um valor de US$ 23 milhões, ele se calou.

Mais Notícias