Reportar erro
Rede Social

Roberta Miranda se abala com morte de Bibi Ferreira e chora

Roberta Miranda
Reprodução/ Instagram
Redação NT

Publicado em 14/02/2019 às 13:00:52

Bibi Ferreira, a maior diva do teatro musical do Brasil, morreu na última quarta-feira (13). Ela sofreu uma parada cardíaca nesta quarta-feira (13) e não resistiu. A atriz estava em sua residência, no Flamengo, localizado no Rio de Janeiro. A notícia do seu falecimento foi dada por Tina Ferreira, sua filha.

Além de atriz, Bibi também era cantora, diretora e compositora. Filha do ator e empresário Procópio Ferreira com a bailarina argentina Abgail Izquierdo, a artista precisou enfrentar muitos preconceitos no século passado para poder se tornar uma das damas do teatro brasileiro.

Apesar da idade avançada, Ferreira jamais quis deixar os palcos. Manteve-se em atividade até o fim da vida, ressaltando que estava consciente dos seus desejos e das suas limitações. Sempre questionada em relação a sua possível aposentadoria, a atriz afirmava que sua felicidade era trabalhar.

A cantora Roberta Miranda lamentou a morte de Bibi e chorou bastante em um vídeo gravado no Stories do Instagram.

Roberta desabafou: "Acontecem essas coisas com pessoas que a gente ama. Nesse exato momento que eu fiquei sabendo da Bibi Ferreira. Não estou acreditando. Eu já tinha ido vê-la no hospital, mas o escritório dele me proibiu de divulgar. Ela segurou na minha mão, não falava, e agora ela se foi”.

Carreira

Bibi Ferreira nasceu no dia primeiro de junho de 1922, no Rio de Janeiro, apesar do seu pai declarar que ela nasceu dia 04 de junho e sua certidão de nascimento estar registrado 10 de junho.

A primeira vez que a atriz esteve em cena foi aos 24 dias, nos braços de Abigail Maia, sua madrinha, substituindo uma boneca de pano que a produção perdeu. O nome da peça era chamada de “Manhãs de Sol”, escrita por Oduvaldo Vianna. Aos três anos, Bibi começou a animar os entreatos das peças da Companhia Velasco, que sua mãe fazia parte.

Estudiosa, conhecia técnicas de ópera, tocava piano, violino, além de saber cantar. Sua estreia profissional no teatro aconteceu na peça “La Locandiera”, de Carlo Goldoni. Ela esteve ao lado do seu pai, em 1941, quando tinha apenas 18 anos.

Com sua própria companhia, trabalhou com as atrizes Cacilda Becker e Maria Della Costa. Também esteve ao lado da diretora Henriette Morineau, sendo sua maior influência para ser uma das primeiras mulheres a dirigir peças teatrais no Brasil.

A carreira de Bibi Ferreira foi toda feita no teatro, ganhando dezenas de prêmios. Mesmo não trabalhando na televisão, ganhou fama e popularidade, sendo chamada de diva dos palcos do Brasil.

O corpo da atriz deve ser cremado, um dos seus pedidos feitos aos familiares enquanto estava viva.

Mais Notícias
Outros Famosos