Polêmica

Festa de escravos? Cinquentenário de socialite causa indignação na internet

Diretora da Vogue comemorou aniversário sentada em trono ao lado de mulheres negras

Donata Meirelles
Donata Meirelles em sua festa de 50 anos: tema causou polêmica - Foto: Reprodução

Publicado em 09/02/2019 às 17:15:00

Por: Laís Lubrani

Na noite desta sexta-feira (8), Donata Meirelles fez uma festa para comemorar seu aniversário de 50 anos. O evento foi em Salvador e tinha como tema o Brasil Colônia Escravocrata. A socialite e diretora da revista Vogue Brasil estava sentada no trono enquanto mulheres negras fantasiadas de mucama apareciam ao seu lado.

Na tarde deste sábado (9), Antonia Fontenelle publicou uma foto em que critica a publicação de Donata Meirelles, diretora da Vogue Brasil.

Na publicação da Youtuber, Antônia fez questão de frisar que não concorda com a festa dada pela empresária. Para Fontenelle, isso ressalta o racismo existente no Brasil: "Em pleno século 21, desculpa aí os ricos e famosos, mas não posso fingir que é normal. Como mãe de um filho negro não posso ver isso e achar que é só uma brincadeira sem consequências. Mas o que mais me deixa de queixo caído é que trata se de uma mulher de comunicação, diretora de uma das mais  importantes revistas, Vogue Brasil e esposa do maior publicitário desse país, Nizan Guanaes. O racismo e o preconceito até hoje matam. Pensem nisso senhores da comunicação, ou será que vocês não se importam com isso?".

Donata Meirelles se pronunciou no Instagram a respeito da polêmica, frisando que não era a intenção.

"Mas vale também esclarecer: nas fotos publicadas, a cadeira não era uma cadeira de Sinhá, e sim de candomblé, e as roupas não eram de mucama, mas trajes de baiana de festa. Ainda assim, se causamos uma impressão diferente dessa, peço desculpas. Respeito a Bahia, sua cultura e suas tradições, assim como as baianas, que são Patrimônio Imaterial desta terra que também considero minha e que recebem com tanto carinho os visitantes no aeroporto, nas ruas e nas festas. Mas, como dizia Juscelino, com erro não há compromisso e, como diz o samba, perdão foi feito para pedir."

Outros usuários também se manifestaram contrários ao tema proposto pela socialite.

Veja:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!