Reportar erro
Homenagens

Corpo de Wagner Montes é velado e cremado no Rio de Janeiro

Últimas homenagens foram feitas neste domingo, 27

Wagner Montes
Divulgação
Laís Lubrani

Publicado em 27/01/2019 às 14:19:09

Neste domingo (27), o apresentador e deputado Wagner Montes recebeu as últimas homenagens com velório aberto ao público. A cerimônia aconteceu desde a noite de sábado (26) e terminou às 12h deste domingo (27).

O velório foi realizado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e foi aberto ao público. Em seguida, o corpo foi levado ao crematório e cemitério da Penitência. Essa parte da despedida foi reservada para família e amigos mais próximos.

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, lamentou o falecimento de Montes: Hoje, há em cada olhar uma lágrima, em cada lar uma oração e em cada coração um voto de pesar e de saudade, pelo falecimento do líder, servidor do povo e amigo de todos, Wagner Montes que a morte nos arrebatou inesperadamente”. Oficialmente, decretou um luto oficial de três dias.

Sobre a perda do marido, Sônia Lima desabafou: "Amados, agradeço a todos pelas orações e todo carinho. O meu bebezão nos deixou um pouco antes da hora, mas um dia entenderemos o porquê".  O filho, Diego Montez também agradeceu:  "Eu quero agradecer todas as mensagens que recebi hoje. Eu nunca me senti tão amparado e cuidado em toda minha vida e isso é muito bom".

Wagner faleceu na manhã deste sábado (26), após sofrer um choque séptico. Ele estava internado há dois meses.

Carreira

Wagner Montes começou a carreira na televisão na TVS Rio de Janeiro, em 1979, quando foi contratado por Silvio Santos para trabalhar na emissora, onde ficou por 17 anos. Por lá, fez inúmeros trabalhos. 

Se consagrou como um dos comandantes do programa "O Povo na TV", popularesco exibido nos anos 80 e que fez história. Também fez parte por anos da bancada do tradicional programa "Show de Calouros", apresentado por Silvio Santos. 

Passou pela CNT, onde apresentou o policial "190 Urgente" e "Programa Wagner Montes". Sua última emissora foi a Record TV, onde estava desde 2003 e ajudou a popularizar no Rio de Janeiro. 

Comandou primeiro o "Cidade Alerta RJ", que se notabilizou por coberturas ao vivo nos fins de tarde na época, dando grandes índices de audiência. Com a mudança de perfil da emissora, foi para o "RJ no Ar" por um breve período. 

Mas foi no "Balanço Geral RJ", a partir de 2006, que virou um grande fenômeno no estado fluminense. Seus índices e linguagem foram tão inovadores na época, sendo líder de audiência com facilidade, que a Globo Rio mudou o formato e o jeito de apresentar as noticias em seu jornalismo local. 

Por causa da popularidade, foi eleito deputado estadual no Rio em 2006, com mais de 100 mil votos, começando sua vida política. Foi reeleito em 2010, 2014 e 2018, sempre sendo um dos mais votados. 

Nos últimos anos, saia e entrava de programas por conta de seus problemas de saúde. O último programa que apresentou na Record TV Rio foi o "Balanço Geral Manhã RJ", onde ficou até a metade do ano passado. 

Mais Notícias
Outros Famosos