Morta em 2016

Adereços de Elke Maravilha são vendidos em bazar para ajudar irmão da artista

Artista faleceu em 2016

Adereços de Elke Maravilha são vendidos em bazar para ajudar irmão da artista
Elke Maravilha foi conhecida por sua extravagância

Publicado em 20/11/2017 às 13:59:47

Por: Redação NT

Conhecida por sua extravagância, Elke Maravilha faleceu em agosto de 2016 deixando um acervo que agora está sendo vendido na internet.

Comandada por Maurílio Domiciano, a página "Bazar Elke Maravilha" no Facebook exibe peças como aneis, colares, pulseiras, adereços de cabeças e perucas para venda.

Em conversa com o jornal Extra, Maurílio explicou a necessidade do bazar: “Quando estava hospitalizada, Elke pediu ao irmão, Frederico, que organizasse um bazar para vender seus objetos. Como ela não tinha bens, preocupou-se em deixar algum conforto para ele".

Os valores são combinados diretamente com os interessados, por mensagens, telefone, WhatsApp ou e-mail. Os preços variam bastante, mas como exemplo, os aneis vão de R$ 800 a R$ 8 mil.

"Ela não tinha apartamento próprio, pagava aluguel, nunca teve carro, mas não abria mão de gastar dinheiro comprando seus enfeites. Era um compromisso que tinha com o seu público”, conta o organizador.

Na hora da venda das peças, Maurílio frisa que uma ficha é preenchida com o compromisso de emprestar o objeto para uma evental exposição. "Não podemos nos desfazer totalmente desse material que ela tanta adorava", completa.

Elke Georgievna Grunnup nasceu em 1945 na Rússia e veio para o Brasil ainda criança, com os pais. Ficou nacionalmente conhecida por participar dos programas de calouros dos apresentadores Chacrinha e Silvio Santos.

Ela também fez carreira nas novelas, com participações em "A Volta de Beto Rockfeller" (1973), "Pecado Capital" (1998), "Celebridade" (2004), "Da Cor do Pecado" (2004), "Luz do Sol" (2007) e "Caminho das Índias" (2009), entre outras.

No cinema, atuou em mais de 30 produções, sendo a última delas o filme "Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina".


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!