Após dias de sofrimento, Léo Áquilla comemora recuperação do noivo

Chico, marido da repórter, está com embolia pulmonar e segue internado na UTI do Hospital São Paulo

Foto: Divulgação

Publicado em 04/03/2016 às 09:42:21

Por: Diego Falcão

Na semana passada, a repórter Léo Áquilla usou seu perfil do Facebook para fazer um desabafo emocionante. Ela pedia ajuda aos fãs para que orassem por Chico Campadello, seu noivo que está internado na UTI do Hospital São Paulo com uma embolia pulmonar.
 
Agora, a artista transexual conversou com a reportagem do NaTelinha e deu mais detalhes de como encontra-se Chico hoje. Após dias de muito sofrimento e luta, o atleta começou a reagir.
 
Ele tem respondido bem na oxigenação do sangue e está de bruços, posição recomendada pelos médicos para que Chico recupere a parte frontal dos pulmões que está menos comprometida.
 
[galeria]
"Chico tem apresentado melhora diária. Isso é excelente e há uma satisfação notória no médico", disse Léo ao NaTelinha. E completou: "Isso nos alegra muito".
 
O problema atual agora é que para retirar o tubo de oxigênio, Chico precisa estar consciente. "Ele tem ficado agitadíssimo. Isso pode complicar o saturação,  baixando a níveis perigosos", disse a repórter.
 
Existe a possibilidade de ser realizada uma traqueostomia: "Isso não é melhor Nem pior, é apenas mais confortável pra ele. O tubo já está machucando a garganta e os lábios. O risco da cirurgia existe, mas é mínimo e vale a pena correr caso seja realmente necessário".
 
Léo Áquilla informa também que Chico está caminhando bem e tem sido um verdadeiro herói. E finalizou: "O médico está otimista e eu mais apaixonada".
 
Léo Áquilla tem dois filhos, um de 19 anos e outro de 18, e Chico, uma filha. Eles estão de casamento marcado para junho deste ano.
 


publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade