Sandro Nascimento
Reportar erro
Nota 0 e Nota 10

SBT erra em não escalar negros ricos em "Poliana" e Record Rio investe pesado no jornalismo

Confira a Nota 0 e a Nota 10 desta quinta-feira (16)

Tino Jr e Nando Cunha
Fotos: Divulgação
Sandro Nascimento

Publicado em 16/05/2019 às 18:20:34

Todos os dias aqui no NaTelinha, o jornalista Sandro Nascimento dá nota 0 e nota 10 para o que assiste, apontando o que gostou e o que não gostou na televisão.

As opiniões são pessoais e não refletem necessariamente a posição do site, mas seguem preceitos do jornalismo, como ética, imparcialidade e isenção.

A página também está aberta para comentários e debates sobre os assuntos retratados.

Nesta quinta-feira (16), os temas são: a falta de diversidade na novela "As Aventuras de Poliana" e Record Rio lança novos estúdios de jornalismo.

Confira a Nota 0 e Nota 10

SBT erra em não escalar negros ricos em \"Poliana\" e Record Rio investe pesado no jornalismo

Para a falta de representatividade negra em "As Aventuras de Poliana". Mesmo com todo movimento pela luta dos direitos dos negros na televisão, o SBT continua ignorando o tema na escalação das suas novelas infantis.

A história atual retrata apenas personagens negros que exercem papeis de servir ao elenco branco com condições sociais sempre superiores. Nunca ao inverso.

Já chegou o momento dos responsáveis pelo núcleo de dramaturgia do SBT perceberem a necessidade de retratar a diversidade. A emissora ainda vive no tempo que personagens brancos devem ser ricos e negros, pobres. Uma pena.

SBT erra em não escalar negros ricos em \"Poliana\" e Record Rio investe pesado no jornalismo

Para os investimentos da Record Rio no jornalismo. Nesta quinta-feira (16), a emissora promoveu a inauguração dos seus novos estúdios na cidade.

Essa movimentação acontece num momento em que todas as empresas do setor estão cortando gastos. A nova estrutura da Record Rio tem equipamentos de última geração e com promessa de em breve estrear seu glass estúdio.

Ao contrário do SBT Rio, que possui uma estrutura muito inferior, com um estúdio que não vê reforma desde a década de 80, a Record mostra que vem apostando no segunda maior mercado do píis. Um bom exemplo a ser seguido.

SBT erra em não escalar negros ricos em \"Poliana\" e Record Rio investe pesado no jornalismo

Mais Notícias