Filial da RedeTV! no Rio estaria sofrendo com falta de frota de carros para reportagens

Procurada, emissora nega

Divulgação

Publicado em 03/12/2017 às 08:23:41 ,
atualizado em 03/12/2017 às 16:57:19

Por: Sandro Nascimento

Em 2018, a RedeTV! vai inaugurar em São Paulo novos estúdios, que, segundo a emissora, serão um dos mais modernos da América Latina.

Porém, no Rio, segundo diversos relatos que chegaram até a coluna, a filial do canal estaria sofrendo com o descaso, dentre eles: equipamentos sucateados, qualidade duvidosa do colete à prova de balas (alguns estariam vencidos), instalações improvisadas e a falta de frota própria que dificultaria o transporte das equipes.

No Rio, a RedeTV!, fica localizada em uma pequena sala na Torre do Shopping Rio Sul, numa adaptação de um espaço que originalmente não era destinado a uma emissora de TV. De acordo com as reclamações, na filial carioca nem todos os funcionários possuem um local de trabalho fixo, por isso, precisariam dividir seus lugares com outros profissionais.

Além disso, os equipamentos utilizados pelas equipes de externa do jornalismo estariam sucateados, e alguns funcionariam com remendos de fita crepe.

Mas o maior problema seria em relação à segurança das equipes de reportagens. Segundo esses relatos, o colete à prova de balas, de tão fino, seria possível dobrá-lo em quatro partes, e alguns jornalistas já teriam realizado coberturas com equipamento vencido.

VEJA TAMBÉM

Ainda segundo fontes, como a RedeTV! não possui frota de carro própria, alguns profissionais estariam utilizando como caronas viaturas de polícia para produzir matérias policiais em comunidades. Alem disso, ao fim da gravação, aguardam em torno de 40 a 50 minutos, debaixo de sol e chuva, por carros particulares através de aplicativo, e em muitos locais considerados área de risco na cidade.


publicidade

Vale destacar que o mercado carioca é o segundo mais importante para o setor de publicidade no país, e a RedeTV! é a única entre as grandes redes de televisão que não possui jornal local na cidade.

Procurada, a emissora emitiu o seguinte comunicado: "A RedeTV! informa que os coletes utilizados pelos profissionais estão dentro do prazo de validade, vigente até 2022. Portanto, a informação é totalmente improcedente. Quanto à utilização dos aplicativos de transporte, a emissora oferece suporte interno aos usuários para dúvidas e orientações, disponível também para receber e encaminhar reclamações às empresas responsáveis. Contudo, o canal nunca foi comunicado de tal queixa acerca de tanto tempo de espera. O contrato da emissora com o aplicativo de transporte é de uso irrestrito de carros. E esclarece ainda que nenhuma equipe utiliza caronas de viaturas da Polícia, tratando-se portanto de mais uma inverdade".

Os imexíveis

No comando do "Fofocalizando", existem três imexíveis: Mara Maravilha, Leo Dias e Leão Lobo.

"Apocalipse" tem captação com qualidade de cinema

As câmeras utilizadas pela Casablanca para captação da novela "Apocalipse", da Record TV, é considerada uma das mais modernas do mercado de cinema. Trata-se de uma 4K Sony F-55, utilizada em diversos seriados americanos, como "The Backlist", exibido no Brasil pelo canal AXN.

Por aqui, diversos longas da Globo Filmes são captadas por esse equipamento. Um exemplo é "Prova de Coragem", do cineasta Roberto Gervitz.

Aliás, a câmera está preparada para captação em 3D, mas a tecnologia não pegou na TV por aqui e no mundo.

Vinheta de fim de ano do SBT

Desde sexta-feira (1º), o SBT exibe sua mensagem de fim de ano, destacando, segundo a emissora, os quase 190 milhões de brasileiros atingidos em 2017.


Eu fico por aqui ou toda hora no Twitter @SandroNascimm

Sandro Nascimento é jornalista formado. Especializou-se em produção de conteúdo audiovisual para a web e é responsável pela TV NaTelinha. Também assina colunas neste espaço e é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade