Reportar erro
Se queimou

BBB20: Rafa defende Paula, do BBB19, e é "cancelada" nas redes sociais

"Ela era muito avoada, não fazia na maldade", afirmou a influenciadora digital 

Comentários de Rafa sobre Paula receberam várias críticas nas redes sociais
Rafa discutiu com Babu e Thelma por conta da postura de Paula, do BBB19 - Fotos: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 19/04/2020 às 15:00:00

Em sua reta final, o BBB20 continua rendendo polêmicas. Desta vez, é Rafa Kalimann quem está no olho do furacão. Na madrugada deste domingo (19), a influenciadora digital saiu em defesa de Paula von Sperling, a vencedora do BBB19, quando Babu e Thelma relembraram a participação da mineira no programa, que foi acusada de fazer comentários racistas, homofóbicos e de intolerância religiosa.

"Ela foi muito criticada por falar 'humor negro'. Ela era muito avoada, não fazia na maldade, na malandragem. Ela fazia pergunta de vergonha alheia, tinha menos informação do que a gente tem. As pessoas não tinham paciência porque ela falava mais asneiras", disse Rafa.

"Não estou justificando os erros dela, passando a mão nem nada do tipo, só tentando entender os lados disso tudo. Ela é de uma cidade pequena como a minha, a gente cresce num lugar no interior que tem muitas pessoas que são excelentes profissionais e que falam asneiras", ponderou a influenciadora digital.

Durante a fala, ela recebeu a discordância dos outros brothers, que sustentaram que Paula tinha acesso a informação e suas falas no BBB19 não eram toleráveis. "É falta de interesse, informação você tem no celular", argumentou Manu. "Tem coisas que não devemos tolerar, como intolerância religiosa, homofobia", acrescentou Babu.

"Eu não sabia do (uso da palavra) ‘denegrir’, quem me ensinou foi a Thelminha. A maioria que entrou nesse programa não veio preparada. Talvez ela tenha precisado passar por essa situação para crescer", apontou Rafa. Thelma também discordou da influenciadora digital, mas todos mantiveram a discussão sem se exaltar.

Em dado momento, Rafa se justificou: "Em momento algum que eu tô concordando, muito longe disso. Não tô passando a mão. Só estou tentando entender quais todos os outros lados disso tudo pra gente não criar expectativa em cima da vida de outras pessoas e realidades, que também estão aprendendo assim como nós todos os dias com todas as coisas, principalmente em nuances".

"A gente tem que ter tolerância em relação a isso, pra entender que o outro tem o seu tempo de aprender, situações diferentes. Espero que ela tenha aprendido com as situações aqui dentro e tem saído amadurecida com isso, aprendendo com os erros dela. Não estou justificando os erros dela, só estou tentando fazer fazer com que a gente consiga enxegar que existem outros lados disso tudo que a fizeram falar dessa forma", finalizou.

Assunto no BBB20, Paula respondeu inquérito por intolerância religiosa

A passagem de Paula no BBB19 foi marcada por diversas polêmicas. A mineira chegou a ser acusada de homofobia e um comentário considerado de intolerância contra religiões de matriz africana chegou a lhe render um inquérito policial, que, futuramente seria arquivado. Em uma ocasião, ela afirmou ter medo de Rodrigo, seu colega de confinamento, por sua relação "com esse negócio de Oxum". E assinalou: "Nosso Deus é mais forte".

Por conta do debate sobre as atitudes da campeã do BBB19, Rafa Kalimann recebeu inúmeras críticas nas redes sociais e acabou "cancelada" por alguns internautas. Por outro lado, houve também quem a defendesse após a polêmica. Confira algumas reações:

Mais Notícias